Manicures a Domicílio

1978

Manicures a Domicílio

Dirigido por:
Média geral 3.5
baseado em 12 votos
Sua avaliação:
salvando
90 minutos

Aurora Boreal, um cabeleleiro desconhecido, sonha com a glória e a fortuna. Mas seu salão é muito humilde e ele só lida com empregadas domésticas. Quando Conceição, uma parente sua, chega ao Rio de Janeiro para morar com ele, Aurora resolve fazer dela manicure e capitalizar a paixão que a bela mulata desperta nos homens. Um rico comendador se apaixona por Conceição e ela passa a noite com ele no seu supermercado. Mas ela só traz para casa um saco de gêneros alimentícios. Aurora entra em crise e tenta seu primeiro suicídio, fazendo uma câmara de gás de perfume. Tudo o que ele consegue, porém, é uma forte crise de fígado. Surge então Glorinha, uma manicure morena e muito descontraída, que enfeitiça Flávio, gerente de um banco, conseguindo um enorme empréstimo para Aurora. Novo Suicídio é tentado pelo cabelereiro quando o empréstimo não chega, deitando-se em plena Avenida Copacabana na hora do 'rush', a terceira manicure, Madalena, uma loura argentina, agarra o Dr. Curto, um homem complexado por sua baixa estatura. Mas Madalena é raptada por Severino Fritz, chefe de segurança da fábrica, ex-oficial nazista e neurótico de guerra, que alega ser a moça uma terrorista. Mas Madalena, apesar de tudo, consegue com industriais japoneses o restante do dinheiro para montar o mais lindo salão para Aurora.

Estreia Brasil:
1978
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD

Fotos

  • Nenhuma foto cadastrada.