Richard Harris

Nomes Alternativos: Richard St. John Harris

Data de Nascimento: 1 de Outubro de 1930 (72 anos)

Data de Falecimento: 25 de Outubro de 2002

Local de Nascimento: Limerick

Pais: Irlanda

Sexo: Masculino

Biografia

Richard St. John Harris (Limerick, 1 de outubro de 1930 — Londres, 25 de outubro de 2002) foi um actor irlandês que ficou popular entre o público adolescente por intepretar o Professor Albus Dumbledore em Harry Potter e a Pedra Filosofal, finalizou as filmagens da continuação Harry Potter e a Câmara Secreta. Era considerado um ícone do cinema britânico e mundial, com atuações marcantes em filmes como Um Homem Chamado Cavalo, Terra da Discórdia, Camelot, Cromwell, Os Imperdoáveis e Gladiador.

Biografia

Nascido no sul da Irlanda, Harris teve tuberculose na adolescência, algo que os amigos dizem ter contribuído para seu estilo introspectivo de atuar. Ainda estudante, iniciou sua carreira artística como diretor de teatro. Sua estréia no cinema, no entanto, só aconteceu em 1958, quando fez uma pequena participação na comédia Alive and Kicking, em Londres. Depois, retornou à Irlanda e estrelou Shake Hands With Devil.

A partir da década de 1960, Harris despontou como ator de cinema, chamando a atenção em Os Canhões de Navarrone e O Grande Motim (ambos de 1961). Em 1963, o trabalho de Harris foi reconhecido internacionalmente e ele venceu o prêmio de melhor ator em Cannes por This Sporting Life, além de conseguir sua primeira indicação ao Oscar. Em seguida, atuou em Deserto Vermelho (64), Juramento de Vingança (65), viveu Caim em A Bíblia (66) e o Rei Arthur em Camelot e venceu o prêmio de melhor ator no Globo de Ouro.

Em 1970, com o faroeste Um Homem Chamado Cavalo, emplacou mais um sucesso, que gerou duas continuações (O Retorno do Homem Chamado Cavalo, 1976, e Triunfos de Um Homem Chamado Cavalo, 1983), mas nenhuma obteve a mesma apreciação do original pelo público. Foi também nos anos 1970 que Harris estreou atrás das câmeras, co-escrevendo o roteiro de The Lady in the Car With Glasses and a Gun, além de dirigir e atuar em The Hero.

As décadas de 70 e 80 não foram muito boas para a carreira de Harris. Ele participou de produções pouco elogiadas como A Travessia de Cassandra, Orca, a Baleia Assassina (ambos em 77), Selvagens Cães de Guerra (78), Tarzan Nota 10 (1981), entre outras. Seu retorno ao estrelato se deu somente em 1990, quando foi indicado novamente ao Oscar por Terra da Discórdia. Antes de aceitar o papel do professor Dumbledore nos filmes de Harry Potter, Harris ainda estrelou Jogos Patrióticos, Os Imperdoáveis (ambos em 92), Recordações (93), O Espírito do Silêncio (94), Gladiador (2000) e, por último, O Conde de Monte Cristo, em 2002, lançado logo após Harry Potter e a Câmara Secreta.

"Não estou interessado na reputação, imortalidade, ou coisas desse tipo. Eu não ligo se as pessoas vão lembrar-se de mim. Eu não ligo se eu serei ou não lembrado. Eu genuinamente não ligo", ele disse certa vez.