filmow.com/usuario/Eve_girl/
28 anos, Teresina - Piauí (BRA)
Usuária desde Julho de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Sou uma apaixonada por cinema, desde que me entendo por gente. Sempre curti ver gêneros variados, mas devo admitir que AMO: Drama, Romance, Musicais e Aventura. Estou adorando ficção científica. E gosto muito de Suspense.

Curto tanto cinema que fico triste pensando nos futuros filmes que não verei. As novas experiências cinematográficas que encantarão futuras gerações. Uma arte sem fim. Não tem como não se empolgar e admirar algo tão sensacional.

Últimas opiniões enviadas

  • Eve

    Adorei. Todo o ambiente, a palheta de cores, as atuações, e a fantástica trilha sonora. E lógico, o desfecho da história com Helen Mirren arrasando.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eve

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    "A única coisa que queima no inferno é a parte de você, que não deixa você seguir adiante com a sua vida, suas memórias, suas conexões. Elas queimam por completo. Mas, eles não estão te punindo. Eles estão libertando sua alma".
    "Se você está com medo de morrer e está resistindo, você verá demônios arrancando a sua vida. Mas, se está em paz, então os demônios são na verdade anjos te libertando da terra. É apenas uma questão de como você encara as coisas, só isso. Então, não se preocupe, ok?!"


    Achei um ótimo filme. Tim Robbins está fantástico no papel, e foi bacana ver o Macaulay Culkin novinho, só fofura como Gabe.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eve

    A premissa nos remete a uma série de filmes adolescentes, onde o tímido aceita os conhecimentos de um colega pegador para conseguir garotas.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Aqui temos Christian, um jovem estudioso, doce e tímido, que conhece Karl - o famoso pegador que pretende chegar ao final do ano com a contagem de 123 garotas. E Leo, um simpático e charmoso rapaz, e grande amigo de Karl. O desafio de Karl se estende a Christian - ele deverá chegar a marca de 5 garotas até o final do prazo. Eles partem para a ação, mas enquanto Karl é um sedutor, Christian se acostuma a ser rejeitado. Toda essa situação, começa a afetar Christian, que como estudante de sociologia busca entender como as coisas chegaram a isso. Ele faz uma análise superficial sobre a sociedade pós feminista, onde ele indica que atualmente os homens são os oprimidos. O debate não vai longe, mas isso ja dá uma ideia do pensamento masculino. Onde as mulheres ja conquistaram muito, mas que ainda gostam de posar de vítimas. Ele conhece Elisa, e logo começa uma relação com ela, mas que é prejudicada quando ele descobre que ela ja ficou com Karl e Leo ao mesmo tempo.
    Num segundo momento do filme, Christian age como um idiota, ao questionar Elisa sobre quantos parceiros sexuais ela ja teve. Ela diz o número, e que isso não é importante, e critica a sociedade machista, onde um homem pode ter várias, enquanto a mulher é mal vista por isso. Ela o deixa. Ele decidi sair por ai, e tomar todas. É quando ele encontra outro personagem do filme, o pegador conhecido como "O Justiceiro". Eles caem na noite pelos bares, e saem com uma garota. Num beco próximo, Christian os vê transando, e acaba participando da ação, até perceber que a ação não estava sendo consensual. Logo ele se afasta, e acaba batendo no Justiceiro. Eles são presos, e logo liberados, e a acusação retirada, mas não sabemos porque. Mas, uma série de motivos podem ter sido: vergonha, intimidação pelo opressor, descrença de quem deveria agir e proteger a vítima. Não saberemos exatamente o que foi que fez a vítima retirar a denúncia, mas é triste saber que muitos se safam por conta disso. Christian tenta seguir com a vida, mas a culpa pelo ato pesa, mesmo que não tenha sido sua intenção agredir a garota. Na festa de fim de ano, Karl agradece a todos, e dedica a noite ao novo amigo, e que ele foi importante para que o pegador escrevesse um livro de dicas. Christian sente-se enojado com tudo aquilo. Uma parede indica o nome de todas as 122 garotas que Karl transou. Ele não suporta mais, e decidi dar fim a sua vida. No alto de uma torre ele pensa em pular, mas Karl chega, nesse momento ele descobre a verdade. Christian culpa toda essa curtição sem culpa, sem responsabilidades, por vezes sem limites e de certa forma toda pressão exercida sobre os jovens, que esse não é o modo certo de aproveitar a vida.
    O filme não se aprofunda nos temas propostos, mas achei interessante como foi abordado. A busca pela diversão e pelo prazer, regados a bebidas e drogas, onde a liberdade sexualmente chegou a um patamar, onde os limites podem ser ultrapassados, e muitos possam sair feridos, seja no lado sentimental, seja no ato de um crime sexual.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Giovanna Portela
    Giovanna Portela

    Hahaha, eu nasci em Fortaleza só que já moro aqui tem tanto tempo que me considero piauiense, mas não consigo me acostumar com esse calor. Não sei se é só a minha percepção ou tá ficando pior a cada ano?

    Eu não imaginava que esse filme viria pro cinema daqui. Tenho que ir essa semana, não acho que vá continuar em cartaz por muito mais tempo, né? Todo mundo que eu conheço só queria saber de assistir Annabelle... :'(
    Black Mirror é muito boa, cada episódio é produzido por pessoas diferentes, então cada um é um espetáculo à parte. Se tu assistir mesmo, queria muito que me dissesse o que achou. E são duas temporadas com apenas três episódios cada, muito pouco.
    O primeiro episódio é forte, mas... enfim, não quer dar spoiler. Haha.

  • Giovanna Portela
    Giovanna Portela

    E acabei de ver que tu é de Teresina. Eu também sou. E tu já assistiu Garota Exemplar! Que inveja :(
    Se eu puder te sugerir alguma coisa, a série Black Mirror da BBC é uma das melhores que eu já assisti. Não sei se sci-fi faz teu gênero, mas como tu disse que topa tudo...
    Hahaha, eu também sinto isso. Não dói um pouco saber que você vai morrer sem assistir todos os filmes que quer?

  • Giovanna Portela
    Giovanna Portela

    Eu gostei muito porque tem filmes que eu não tenho certeza se eu assistiria de cara, tendo outras opções mas me interessei. E os mais clássicos, eu sempre digo que vou assistir mas sempre acabo procrastinando. Haha, muito obrigada!