filmow.com/usuario/eve_girl/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > eve_girl
29 years, Teresina - Piauí (BRA)
Usuária desde Julho de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Sou uma apaixonada por cinema, desde que me entendo por gente. Sempre curti ver gêneros variados, mas devo admitir que AMO: Drama, Romance, Musicais e Aventura. Adoro Ficção Científica. E gosto muito de Suspense.

Curto tanto cinema que fico triste pensando nos futuros filmes que não verei. As novas experiências cinematográficas que encantarão futuras gerações. Uma arte sem fim. Não tem como não se empolgar e admirar algo tão sensacional.

Últimas opiniões enviadas

  • Eve

    Gostei muito. Leonardo DiCaprio está super bem no papel de Hugh Glass, e eu realmente espero que dessa vez ele leve o Oscar.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    O quanto essa criatura sofre nesse filme. Nossa! Achei que ele se entregou de corpo e alma a esse personagem, e provou mais uma vez que merece a estatueta. Por mais que a gente saiba que o Oscar não é justo muitas vezes, sabemos da importância desse prêmio para eles. Quem não gostaria de ganhar?!! Também gostei do Domhnall Gleeson, e como eu fiquei com raiva do cretino do John Fitzgerald, Tom Hardy numa ótima atuação.
    Creio que o que mais cativou o público foi a belíssima fotografia, que me lembrou o estilo do Terrence Malick. Imagens lindas, contemplativas, tem até alguns sussurros, mas aqui não é Malick. É Iñarritu fazendo aquela fantástica cena inicial em plano sequência, a espetacular cena do urso, me deixou agoniada vendo o Glass naquele estado (quase morto), mas motivada (junto com ele) pela vingança pra matar o cretino do Fitzgerald. kkk. Eu gostei.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eve

    Adoro a temporada de premiações. Foi olhando a lista do Globo de Ouro que decidi ver esse emocionante filme. Quando conferi não sabia de nada.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Foi começando tenso, estranho, fui ficando com raiva da situação, depois indignada com o agir "normal" da mãe, até que ela começa a pensar em como fugir. Logo fiquei com um aperto quando há a possibilidade do Jack fugir, mas dela continuar lá. O alívio quando descobrem o cativeiro (graças a policial, pois se dependesse do parceiro dela não tinha dado em nada). E ai vem a parte da descoberta do mundo pelo Jack, e da ficha caindo pra Ma. Tudo o que ela sofreu, tudo o que ela perdeu. E vamos a cena da entrevista em que a repórter a faz se questionar sobre ter ficado com o filho no quarto, que o menino poderia ter tido uma vida melhor, e passa pra uma cena dela pensando (isso me deu um aperto) e depois a cena do banheiro (deu um pânico) e a linda cena quando ela conversa com o filho e diz que não é uma boa mãe. Chorei. E ai vem a cena final, Jack quer ver o quarto. Medo! Quando ele diz que o quarto não é o mesmo com a porta aberta, e Ma pergunta se ele quer que feche. Eu fiquei agoniada. Ainda bem que a resposta dele foi simples e fantástica. E assim, eu acabei num copo. kkkk. Tá, exagerei. Não chorei tanto assim, mas foi emocionante, e traz um misto de sentimentos ver isso. Ao mesmo tempo que há o drama, o filme tem a leveza por conta de Jack, e esse menino é um encanto. E o que foi a Brie Larson (admito que não a conhecia), achei uma ótima atuação.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eve

    Que espetáculo! Aqui conhecemos pelo menos um pouco da história desse líder espiritual, Gandhi lutava contra a injustiça, e pela independência da Índia. Para ele muçulmanos e hindus são irmãos e deveriam lutar pela liberdade de seu país frente aos britânicos. Gandhi nunca desistiu de seus propósitos, não importava se apanhasse, quantas vezes fosse preso, quantos jejuns fossem necessários para mostrar ao povo, que a violência não era necessária para buscar a liberdade. E sua tristeza quando hindus e muçulmanos começaram a lutar entre si. Os conflitos entre a Índia e o Paquistão. "Sou muçulmano, hindu, cristão e judeu...e vocês também são. Quando balançam estas bandeiras e gritam, enviam medo ao coração de seus irmãos. Não é esta a Índia que eu quero. Parem com isso. Pelo amor de Deus, parem".
    Que atuação maravilhosa de Ben Kingsley, fiquei encantada com a força e a bondade de seu Gandhi. Imagino que ele fez o melhor que pode, e conseguiu retratar de forma fantástica esse homem magnífico, que era admirado, aclamado, mas que infelizmente foi vítima do ódio no coração de algumas pessoas.
    Uma importante história que deve ser conhecida, ensinamentos que devem ser assimilados e palavras que serão eternas. Salve "Bapu" (Pai), Salve "Mahatma" (O Grande Espírito)... Salve Gandhi!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Giovanna Portela
    Giovanna Portela

    Posso te adicionar com o único interesse de roubar a tua lista de filmes favoritos?

  • Juninho
    Juninho

    Ok! vou tentar ver o quanto antes!!

  • Juninho
    Juninho

    To loko pra assistir a esse filme que vc já viu "Dentro da casa" e pela nota que vc deu acho que não vou me arrepender! rsrs