filmow.com/usuario/MarceloKundera/
131 anos, Santos/SP (BRA)
Usuário desde Agosto de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

NÃO ME ADICIONE!!!!

Pessoas desconhecidas e/ou sem recado = convite de amizade recusado

Últimas opiniões enviadas

  • Marcelo

    As atuações dos jovens (salvo o trio protagonista, é claro) deixam a desejar. Acho também que daria para aprofundarem um pouco mais a história... Se formos analisar friamente, o Léo parece apenas reviver a mesma história do curta de 2010 (só que aqui em versão estendida), poderiam criar novas situações na vida do Léo além das já vividas no curta.

    Mas isso não quer dizer que eu não tenha gostado do longa, muuuito pelo contrário... Apesar de não superar o curta, o filme ainda é uma delícia de se assistir e, de certa forma, sacia aquele gostinho de "quero mais" deixado pelo curta anos atrás.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcelo

    Filme que assisti por acaso (não fui ao cinema para assistir esse), não dava NADA pelo filme, achei que seria mais uma comédia bobinha brasileira e tal...
    Mas que bela surpresa que eu tive: O filme é, simplesmente, HILÁRIO. Altas gargalhas do início ao fim.

    Todo o elenco mandou muito bem, mas tenho que aplaudi de pé a Giovanna Antonelli... Que atriz!!! Fantasticamente perfeita, que 'time' de humor perfeito!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcelo

    Doído e devastador!!!
    Me faltou ar e agora me faltam palavras...
    Excelentes e fortíssimos diálogos, atuações dignas de nota e o Bergman me conquistando cada vez mais a cada filme que assisto.

    O filme terminou e eu tive vontade de assistir outra vez só para ir anotando algumas falas.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    "As vezes, quando fico acordada à noite, me questiono se realmente tenho vivido. Será que é assim para todo mundo? Ou será que algumas pessoas tem mais talento do que outras para viver? Ou será que há pessoas que nunca vivem, simplesmente existem?"

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
    1 resposta
    • Randle Bickle Montana

      Esse trecho me lembrou o seguinte diálogo de outro filme do Bergman: "A maioria das pessoas vive sem nenhuma autoestima, humilhadas, reprimidas e cuspidas. Elas estão vivas e isso é tudo o que sabem. Não conhecem outra alternativa. Mesmo se conhecessem, nunca iriam buscá-la", Max von Sydow em 'A Paixão de Ana'.

      Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Marcelo.