Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > pep
20 years (BRA)
Usuário desde Julho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Pedro Ayres

    Tedioso até o momento da revira-volta, mas quando ela acontece o filme se transforma de uma maneira única. Gosto muito dos efeitos e da trilha usados e o os figurinos são lindos. Sobre o final, eu o achei muito rápido. Não é melhor que Psicose, mas não deixa de ser um grande filme.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Pedro Ayres

    Olha o filme é tecnicamente mediano, mas a carga psicológica dos personagens é intensa e bem construída. Vou analisar algumas cenas, se quiserem acrescentar algo.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Tendo em vista a atitude final do Duncan fica claro que ele tinha uma tendência para a psicopatia. Fixação com animais, inclusive galinhas mortas naquele cemitério. E uma ligação quase doentia com a mãe, isso fica claro pois ele assume progressivamente a personalidade bizarra da mãe. A cena final é claramente uma alusão ao sexo oral, como se ele rompesse com a própria sexualidade. Entretanto, pode ser uma ruptura com a mãe e as bizarrices dela. Já o Perry, é o típico valentão que não consegue lidar com a própria sexualidade. Ele estupra o Duncan e depois age como se nata tivesse acontecido. A cena do beijo é muito boa, ele praticamente demonstra ao Duncan que gosta dele. Na cena em que ele briga com uns caras, logo depois ele diz mais ou menos assim ao Duncan: "Viu como eu bati naquele cara? Foi para te defender." Claramente, tentando impressionar o Duncan com sua virilidade. O pai é um personagem, talvez um dos que mais sofre, perdeu a esposa e não consegue aceitar e ainda por cima não consegue compreender a razão do filho ser tão estranho e feminino.

    Se você assistir e prestar atenção nos personagens verá que é um bom filme, mas admito que o final é decepcionante.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Pedro Ayres

    Figurino, músicas e as coreografias são ótimas. Agora, a Renée Zellweger é insuportável, em todas as cenas que ela aparecia eu queria pular, juro. E é um pecado a Catherine Zeta-Jones ser uma coadjuvante. Latifah tbm está ótima.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.