filmow.com/usuario/matheusstavaress/
25 anos, Lucas do Rio Verde, Brazil (BRA)
Usuário desde Junho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Matheus Tavares

    "Um preto no volante e uma velha judia...que espetáculo".

    O filme acompanha a construção de uma relação inicialmente somente empregatícia, entre uma senhora e o seu motorista particular, para uma relação de verdadeira amizade.

    O contexto americano da época é o de transição de ideais. Negros começam a ganhar espaço aos poucos, ainda que se submetam, na maioria das vezes, a empregos concedidos brancos com por baixos salários.

    Apesar disso, o preconceito, assim como atualmente, ainda persiste, e nosso casal de protagonistas é atingido constantemente por ele por fazer parte das minorias absurdamente segregadas de outrora: um negro e uma judia. Para somar, ainda são idosos e enfrentam inúmeros problemas inerentes a idade, inclusive, o próprio preconceito.

    Esse é, em síntese, o pano de fundo de uma bela e sublime história de amizade, com ótimos diálogos e personagens críveis e memoráveis, notadamente por conta das ótimas atuações, dignas de prêmios, de Jessica Tandy e Morgan Freeman.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Matheus Tavares

    Apesar do enredo se assemelhar muito ao de uma novela, o filme consegue prender sua atenção, desencadeando a vontade de se saber o destino daqueles personagens, notadamente pela ótima atuação do elenco.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Matheus Tavares

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    A trama recaí sobre uma semana da vida de um padre, que é alvejado constantemente com os relatos mais sombrios da humanidade, especialmente em seu confessionário. Ele, em especial, não apenas concede o perdão, como também vai a campo na tentativa de sanar os conflitos de seus confidentes. Além disso, sofre na pele o preconceito da batina, como, por exemplo, quando está conversando uma garotinha e seu pai avança contra sua pessoa num ato de defesa de sua prole em face de uma possível pedofilia, que, ressalte-se, jamais existiu.

    Não fosse isso, recebe no confessionário justamente uma pessoa que disse ter sido abusada por um padre. A vítima lhe revela que não há nada a se fazer contra o pedófilo, uma vez que qualquer ato de vingança contra uma pessoa má pouco repercutiria. Diante disso, diz ao padre que irá matá-lo em poucos dias, apenas por ele ser bom e não ter feito nada de errado (assim como ele, quando criança, ter sido abusado,sem ter "merecido" tal abuso).

    Por conseguinte, temos um filme excelente, com ótimos diálogos, abordando o sofrimento interno de um padre, que além de enfrentar os pesadelos de seu ofício, ainda tem que se adequar às angústias inerentes a sua humanidade..

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Flávia
    Flávia

    Heyy, gostei das tuas críticas Matheus :)

  • Guga
    Guga

    Valeu velho! Tô pra assistir Boardwalk Empire faz horas! Baixei aqui, tudo em 720p. Só falta tempo mesmo. Meus amigos são viciados nessa série!

  • Guga
    Guga

    Eaí velho, blz? passando aqui do "nada" só pra saber se tu tem interesse em participar de dois grupos no face, eles são pequenos, mas bem ativos. Um é sobre séries e outro sobre filmes, nível de conversa tá bom e ninguém ofende ninguém. Dê uma olhada, acho que vai gostar...

    Aqui: https://www.facebook.com/groups/561828753864767/ (Séries)
    Aqui: https://www.facebook.com/groups/168255216698817/ (Filmes)

    Tu tem bom gosto, e parece gostar de bater um papo sobre ambas coisas, entre e participe! Tu vai ser um acréscimo aos grupos! abraço!