Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > David Hemmings (I)

David Hemmings (I)

Nomes Alternativos: David Leslie Edward Hemmings

26Número de Fãs

Nascimento: 18 de Novembro de 1941 (62 years)

Falecimento: 3 de Dezembro de 2003

Guildford, Surrey - Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Ator e diretor inglês, conhecido internacionalmente por seu papel de fotógrafo no filme Blow-Up, de Michelangelo Antonioni, vencedor do Grand Prix do Festival de Cannes de 1966.

Um dos mais emblemáticos atores britânicos da década de 1960, Hemmings começou a vida artística ainda adolescente, primeiro cantando com sua voz de soprano no English Opera Group e depois em boates, até se dedicar aos palcos e ao cinema.

Depois de participar de alguns filmes de música pop e de episódios da séries de televisão britânicas no começo dos anos 1960, quando o rock, a moda e a contracultura começavam a agitar a Grã-Bretanha e a Europa e tornariam a Swinging London o centro mundial de atenção da cultura pop, Hemming viu sua grande chance aparecer quando atuava numa peça num pequeno teatro londrino e foi descoberto por Michelangelo Antonioni, sendo convidado pelo diretor italiano para viver o fotógrafo Thomas no seu emblemático Blow Up, que queria um ator jovem e novato para o papel, concorrendo contra atores mais conhecidos e estabelecidos como Terence Stamp. O filme e seu sucesso de crítica e público o tornou uma estrela internacional de cinema e um dos atores mais solicitados do 'novo cinema britânico'. Seguiram-se a ele Camelot, um musical ambientado na corte do Rei Arthur, com Richard Harris e sua colega de Blow Up Vanessa Redgrave, e o filme cult de ficção científica Barbarella, com Jane Fonda.

Nos anos 1970 e 1980, a par de seu trabalho como ator, Hemmings também passou a dirigir para o cinema e para a televisão, incluindo séries como Magnum, com Tom Selleck, e deu vazão a seu talento como cantor, estrelando nos palcos um musical de Andrew Lloyd Webber, gravando discos e participando de filmes para a televisão. Em seus últimos nos, ele voltou ao cinema como ator, com pequenos papéis em filmes expressivos como Gladiador, com Russel Crowe e Gangues de Nova York com Leonardo DiCaprio, onde apesar da pequena participação trabalhou com prazer.

Hemmings morreu de ataque cardíaco em 2003, aos 62 anos, quando participava de um filme em Bucareste, na Romênia.