Você está em
  1. > Home
  2. > Listas
  3. > Filmografia - Krzysztof Kieślowski
Lista criada por cult cult
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em avaliações em comum

Filmografia - Krzysztof Kieślowski

Figura proeminente do cinema europeu, Kieslowski foi um cineasta maior, sendo um dos mais aclamados dos últimos trinta anos ao mesmo tempo que é uma tremenda influência para muitos outros. O seu cinema nunca foi feito simplesmente para entreter, mas sim para instruir e informar, comover e inspirar, provocar e incomodar.

Nascido a 27 de Junho de 1941 em Varsóvia, o realizador polaco cresceu sob o espectro de Hitler e Stalin, anos esses algo nómadas visto que o seu pai era tuberculoso e assim a família viajava de sanatório para sanatório. Aos 16 anos, Krzysztof frequentou uma escola de treino para bombeiros, aventura da qual desistiu passados três meses. Sem grandes perspectivas futuras, ingressou numa escola para técnicos de teatro em Varsóvia, por ser dirigida por um familiar. Mas acabou por estudar cinema, tendo-se candidatado à escola de cinema de Lodz, a mesma que formou cineastas tão reputados como Roman Polanski ou Andrzej Wajda. Rejeitado por duas vezes, conseguiu ser admitido à terceira tentativa. Frequentou a dita escola entre 1964 e 1968, período durante o qual o governo permitia um grau de liberdade artística relativamente alto. Durante e depois da sua estadia na mesma, Kieslowski realizou principalmente documentários em curta-metragem, aclamados e vencedores de vários prémios em festivais nacionais e internacionais.

A sua estreia no cinema com longas-metragens deu-se em 1976 com Blizna (A cicatriz), um drama de realismo social que mostrava a revolta de uma pequena cidade contra um mal planeado projecto industrial. Seguiu-se Amator (Amador), um drama dilacerante caracterizado por um certo nível filosófico, onde a função da arte e o seu relacionamento com o papel do artista são implicitamente demonstrados. Regressou seis anos depois com Bez konca (Sem fim), talvez o seu filme mais manifestamente político, ao expor julgamentos políticos do invulgar ponto de vista do fantasma de um advogado e da sua viúva. Depois veio Przypadek (Sorte Cega), poderoso drama político-social que alerta para a escolha consciente como uma necessidade imperativa.
Mais tarde, Krzysztof Kieślowski realizou para a Televisão Polonesa uma série de filmes baseados nos Dez Mandamentos (chamada Decálogo) - um filme por mandamento, todos tratando de conflitos morais. Dois deles foram posteriormente produzidos, transformados em longa-metragens: Não Matarás e Não Amarás. A forma de contar a história muda nesta fase. O diretor passa a usar uma quantidade mínima de diálogos, concentrando-se no poder da imagem e das cores. As palavras são substituídas por uma poesia imagética.

O cineasta aprimora seu estilo ao realizar seus próximos filmes. Os quatro últimos filmes do diretor foram realizados através de uma produção francesa: "A dupla vida de Veronique" (estrelando Irène Jacob) e a Trilogia das Cores (A liberdade é azul, A Igualdade é Branca e A Fraternidade é Vermelha). A trilogia das cores foram filmes os quais deram um maior sucesso comercial ao diretor. São baseados nas cores da bandeira francesa e no slogan da revolução do país. O toque de Kieslowski está na sua representação das palavras liberdade, igualdade e fraternidade e na forma que as cores dão o ambiente psicológico da história. Outro ponto interessante é reparar no cruzamento de elementos em comum entre os três filmes.

Depois do último filme da trilogia o diretor anunciou a sua aposentadoria devido ao fato de estar cansado de fazer cinema. Porém, começa a escrever o roteiro da trilogia "Paraíso, Purgatório e Inferno", baseada na Divina Comédia de Dante Alighieri. Kieślowski morre em 1996, aos 54 anos, sem concluir esses filmes. Em 2002, Paraíso foi filmado sob a direção de Tom Tykwer; Inferno em 2005, dirigido por Danis Tanovic e Purgatório em 2007 por Stanislaw Mucha.

Filmografia:
- Nadzieja (Roteiro, 2007)
- Inferno (L’Enfer, Roteiro, 2005)
- Paraíso (Heaven, Roteiro, 2002)
- Duze Zwierze (Roteiro, 2000)
- A Fraternidade É Vermelha (Trois Couleurs: Rouge, Roteiro, Direção, 1994)
- A Igualdade é Branca (Trois Couleurs: Blanc, Roteiro, Direção, 1994)
- A Liberdade É Azul (Trois Couleurs: Bleu, Roteiro, Direção, 1993)
- A Dupla Vida de Véronique (La Double Vie de Véronique, Roteiro, Direção, 1991)
- City Life (segmento "Siedem dni w tygodniu", Direção, 1990)
- Não Amarás (Krótki Film o Milosci, Roteiro, Direção, 1988)
- Não Matarás (Krótki Film o Zabijaniu, Roteiro, Direção, 1988)
- Sorte Cega (Przypadek, Roteiro, Direção, 1987)
- Sem Fim (Bez Konca, Roteiro, Direção, 1985)
- Krótki dzien pracy (Roteiro, Direção, 1981)
- Spokój (Roteiro, Direção, 1980)
- Kartoteka (Direção, 1979)
- Amador (Amator, Roteiro, Direção, 1979)
- Nie wiem (Roteiro, Direção, 1977)
- A Cicatriz (Blizna, Roteiro, Direção, 1976)
- Personel (Roteiro, Direção, 1976)
- Pierwsza milosc (Roteiro, Direção, 1974)

Prêmios:

Oscar:
- Indicado como Melhor Diretor por A Fraternidade é Vermelha (1995)
- Indicado como Melhor Roteiro Original por A Fraternidade é Vermelha (1995)

BAFTA:
- Indicado como Melhor Roteiro por A Fraternidade é Vermelha (1995)
- Indicado com o Melhor Diretor por A Fraternidade é Vermelha (1995)
- Indicado como Melhor Filme Estrangeiro por A Fraternidade é Vermelha (1995)

Festival de Berlim:
- Premiado com o Urso de Prata por A Igualdade é Branca (1994)
- Indicado ao Urso de Ouro por A Igualdade é Branca (1994)
- Premiado com o Interfilm Award por Amador (1980)
Festival de Cannes:
- Indicado à Palma de Ouro por A Fraternidade é Vermelha (1994)
- Ganhador do Prêmio do Júri Ecumênico por A Dupla Vida de Véronique (1991)
- Ganhador do FIPRESCI Award por A Dupla Vida de Véronique (1991)
- Indicado à Palma de Ouro por A Dupla Vida de Véronique (1991)
- Ganhador do Prêmio do Júri por Não Matarás (1988)
- Ganhador do FIPRESCI Award por Não Matarás (1988)
- Indicado à Palma de Ouro por Não Matarás (1988)

Lista editada há 9 meses

33 0

0%
Você já viu 0 dos 33 filmes desta lista.
  1. A Liberdade É Azul (Trois Couleurs: Bleu)

    A Liberdade É Azul

    4.1 553
    1
  2. A Igualdade é Branca (Trois Couleurs: Blanc)

    A Igualdade é Branca

    4.0 295
    2
  3. A Fraternidade É Vermelha (Trois Couleurs: Rouge)

    A Fraternidade É Vermelha

    4.3 347
    3
  4. A Dupla Vida de Véronique (La Double Vie de Véronique)

    A Dupla Vida de Véronique

    4.2 209
    4
  5. Sorte Cega (Przypadek)

    Sorte Cega

    4.2 41
    5
  6. Não Amarás (Krótki Film o Milosci)

    Não Amarás

    4.2 248
    6
  7. O Decálogo (Dekalog)

    O Decálogo

    4.7 90
    7
  8. City Life - Desordem em Progresso (City Life)

    City Life - Desordem em Progresso

    4.4 1
    8
  9. Não Matarás (Krótki Film o Zabijaniu)

    Não Matarás

    4.2 104
    9
  10. Sem Fim (Bez Konca)

    Sem Fim

    3.9 12
    10
  11. Uma Curta Jornada de Trabalho (Krótki Dzien Pracy)

    Uma Curta Jornada de Trabalho

    3.9 1
    11
  12. Calma (Spokój)

    Calma

    3.9 10
    12
  13. Estação (Dworzec)

    Estação

    3.5 2
    13
  14. Cabeças Falantes (Gadajace Glowy)

    Cabeças Falantes

    4.6 47
    14
  15. Cinemaníaco (Amator)

    Cinemaníaco

    4.3 32
    15
  16. Sete Mulheres de Diferentes Idades (Siedem kobiet w róznym wieku)

    Sete Mulheres de Diferentes Idades

    3.8 14
    16
  17. O Ponto de Vista de Um Porteiro Noturno (Z Punktu Widzenia Nocnego Portiera)

    O Ponto de Vista de Um Porteiro Noturno

    3.9 1
    17
  18. Hospital (Szpital)

    Hospital

    3.8 1
    18
  19. A Cicatriz  (Blizna )

    A Cicatriz

    3.6 2
    19
  20. Claquetes (Klaps)

    Claquetes

    3.4 7
    20
  21. Pessoal (Personel)

    Pessoal

    3.5 2
    21
  22. Curriculum Vitae (Zyciorys)

    Curriculum Vitae

    3.7 4
    22
  23. Primeiro Amor (Pierwsza Milosc)

    Primeiro Amor

    4.0 2
    23
  24. Raio-X (Przeswietlenie)

    Raio-X

    3.6 2
    24
  25. Pedreiro (Murarz)

    Pedreiro

    3.6 2
    25
  26. Refrão (Refren)

    Refrão

    3.8 4
    26
  27. Fábrica (Fabryka)

    Fábrica

    3.4 1
    27
  28. Eu Era um Soldado (Bylem zolnierzem)

    Eu Era um Soldado

    4.2 1
    28
  29. Da Cidade do Lodz (Z miasta Lodzi)

    Da Cidade do Lodz

    3.7 3
    29
  30. Fotografia (Zdjęcie)

    Fotografia

    4.0 1
    30
  31. Concerto dos Desejos (Koncert zyczen)

    Concerto dos Desejos

    4.0 2
    31
  32. O Bonde (Tramwaj )

    O Bonde

    3.9 9
    32
  33. O Escritório (The Office)

    O Escritório

    3.5 1
    33

Comentar: