Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Listas
  3. > Mulheres pioneiras do cinema
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em avaliações em comum

Mulheres pioneiras do cinema

01) Primeiro curta de Alice Guy Blaché
02)
03 ) Atuação pela qual Hattie McDaniel ganhou seu Oscar
04) Figurino pelo qual Edith Head levou sua oitava estatueta
05) Primeiro longa dirigido por mulher durante a ditadura civil-militar brasileira
06) Primeira longametragem dirigida por mulher negra africana
07) Primeira atuação em filmes de ficção científica nomeada ao Oscar
08) Uma das produções de Sherry Lansing
09) Primeiro longa dirigido por mulher a levar a Palma de Ouro em Cannes
10) Primeiro longa-metragem dirigido por mulher árabe produzido num país árabe.
11) Primeira atuação de mulher negra a levar os prêmios 'Oscar de melhor atriz principal', Globo de Ouro, Urso de Prata, Emmy e Screen Actors Guild
12) Longa responsável pelo primeiro Oscar de Melhor diretor(a) atribuído a uma mulher, bem como responsável pelo Bafta e Directors Guild Awards
13) Primeiro longa dirigido por uma mulher na história da Arábia Saudita
14) Primeiro filme dirigido por mulher negra indicado ao Oscar de melhor filme
15) Primeiro filme com diretorA de fotografia a competir na categoria 'Melhor fotografia' do Oscar
16) Primeiro longa dirigido por mulher palestina

1896 - Alice Guy Blaché, roteirista, diretora e produtora
Alice foi a primeira mulher a escrever e dirigir filmes de ficção e uma das mais prolíficas até hoje. Ao longo de sua vida ela trabalhou em mais de 1000 filmes, infelizmente a maioria deles acabou se perdendo. Uma pioneira da sétima arte ela foi uma das primeiras a experimentar com técnicas que influenciaram diretores como Alfred Hitchcock.

1917 - Mary Pickford, atriz, produtora e fundadora de um estúdio
Três anos após começar a atuar, Mary já produziu os próprios filmes e controlava todas as etapas relacionadas a criação de seus longas. A primeira queridinha da América, a atriz ganhou notoriedade por interpretar mulheres inocentes e ingênuas, mas na vida real era uma empresária durona. Em 1919, ao lado de Charlie Chaplin e do marido Douglas Fairbanks ela fundou o estúdio United Artists.

1940 - Hattie McDaniel, atriz
A atriz foi a primeira mulher negra a receber um Oscar de atuação. Ela levou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante em 1940 pela personagem Manny em E o Vento Levou. Além de atuar no cinema, Hattie também cantava e era performer de rádio. Sua carreira lhe rendeu duas estrelas na calçada da fama, uma pela sua contribuição ao rádio e outra pelo seu trabalho no cinema.

1973 - Edith Head, designer de figurino
Com 35 nomeações e oito vitórias, Edith retém um recorde que daria inveja até à Meryl Streep, o de mulher com maior número de vitórias no Oscar. Do cinema mudo, aos tempos modernos ela se destacou, apesar de não possuir nenhum treinamento em design. Edith era a figurinista mas procurada por atrizes como Ginger Rogers, Bette Davis, Elizabeth Taylor e Audrey Hepburn, que exigiam em contrato a sua presença. Em 2004 ela foi homenageada quando serviu de inspiração para a personagem Edna Mode na animação Os Incríveis.

1973 - Teresa Trautman, diretora
Foi a primeira mulher a dirigir um filme na ditadura militar e primeira diretora a dirigir um longa-metragem no Brasil desde os anos 1950. O clima de liberdade sexual dos personagens de seu primeiro longa solo 'Os Homens que Eu Tive' fez com que ele fosse censurado por vários anos.

1972-1975 - Safi Faye, documentarista
Célebre por seus documentários, Safi Faye é a primeira diretora negra africana. Ela abriu caminhos para inúmeras mulheres como Rose Bekale (Gabãp), Aminata Ouedraogo (Burkina Faso) e Yangba Léonie (República Centro-Africana).

1979 - Sigourney Weaver, atriz
Em 1979, Sigourney Weaver era uma atriz desconhecida quando foi escalada para interpretar Ellen Ripley na ficção Alien, o 8° Passageiro. Sua estreia em uma grande produção lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz, um acontecimento inédito considerando que filmes de ficção cientifica não costumam receber indicações ao prêmio. O papel transformou Weaver em uma grande estrela e Ripley na personagem feminina mais popular de Hollywood, ela deu início à tendência de protagonistas de filmes de ação que continua influenciando produções até hoje.

1980 - Sherry Lansing, atriz, produtora e presidente de estúdio
Quando foi eleita a Presidente de produção da 20th Century Fox em 1980, Sherry Lansing se tornou a primeira mulher a liderar um dos grandes estúdios de Hollywood. Lansing começou sua carreira como atriz, mas não satisfeita com seu trabalho ela migrou para trabalhar atrás das câmeras. Sua carreira decolou quando ela se tornou a CEO da Paramount, onde produziu grandes sucessos como Coração Valente (1995), Patricinhas de Beverly Hills (1995) e Forrest Gump (1994).

1993 - Jane Campion
Primeira (e até agora única) mulher a levar a Palma de Ouro em Cannes, com 'O piano'.

1994 - Moufida Tlatli
A primeira mulher árabe a dirigir uma longa-metragem ('Os silêncios do palácio') num país árabe.

2001 - Halle Berry
Vencedora dos prêmios Oscar, Globo de Ouro, Urso de Prata, Emmy e Screen Actors Guild, Halle se tornou a primeira mulher negra a ganhar o Oscar de melhor atriz principal com o filme 'A última ceia' (2001).

2010 - Kathryn Bigelow, diretora
Em 2010, Bigelow foi a primeira mulher a ganhar o prêmio de Melhor Diretor no Oscar, Bafta e Directors Guild Awards. O longa responsável pelo sucesso foi o drama Guerra Ao Terror que relata a rotina de um esquadrão anti-bombas do exército americano, em ação no Iraque. Estrelado por Jeremy Renner, Brian Geraghty e Anthony Mackie, o filme foi grande vencedor do Oscar daquele ano levando outras cinco estatuetas, incluindo Melhor Filme.

2012 - Haifaa al-Mansour, diretora
'O Sonho de Wadjda', dirigido por Haifaa al-Mansour em 2012, foi o primeiro longa-metragem dirigido por uma mulher na história da Arábia Saudita.

2015 - Ava DuVernay, cineasta
Em 2015, 'Selma' foi o primeiro filme dirigido por mulher negra indicado ao Oscar de melhor filme.

2018 - Rachel Morrison, diretora de fotografia
Primeira mulher a ser indicada ao Oscar de melhor fotografia (em todas suas 90 edições!!!)

2018 - Ava Duvernay, diretora
Primeira mulher racializada a encabeçar um filme cujo orçamento ultrapassa os 100 milhões de dólares

Lista editada há 1 mês

17 5

0%
Você já viu 0 dos 17 filmes desta lista.
  1. A Fada dos Repolhos (La fée aux choux)

    A Fada dos Repolhos

    3.4 6
    1
  2. Daddy-Long-Legs (Daddy-Long-Legs)

    Daddy-Long-Legs

    4.5 2
    2
  3. ...E o Vento Levou (Gone With the Wind)

    ...E o Vento Levou

    4.3 1,2K
    3
  4. Golpe de Mestre (The Sting)

    Golpe de Mestre

    4.3 175
    4
  5. Os homens que eu tive  (Os homens que eu tive )

    Os homens que eu tive

    3.7 2
    5
  6. Carta Camponesa (Kaddu Beykat)

    Carta Camponesa

    4.2 0
    6
  7. Alien: O Oitavo Passageiro (Alien)

    Alien: O Oitavo Passageiro

    4.1 1,1K
    7
  8. Acusados (The Accused)

    Acusados

    3.9 168
    8
  9. O Piano (The Piano)

    O Piano

    4.0 399
    9
  10. Os Silêncios do Palácio (Samt El Qusur)

    Os Silêncios do Palácio

    3.8 4
    10
  11. A Última Ceia (Monster's Ball)

    A Última Ceia

    3.5 153
    11
  12. Guerra ao Terror (The Hurt Locker)

    Guerra ao Terror

    3.5 1,4K
    12
  13. O Sonho de Wadjda (Wadjda)

    O Sonho de Wadjda

    4.2 115
    13
  14. Selma: Uma Luta Pela Igualdade (Selma )

    Selma: Uma Luta Pela Igualdade

    4.2 783
    14
  15. Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississippi (Mudbound)

    Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississippi

    4.1 275
    15
  16. Uma Dobra no Tempo (A Wrinkle in Time)

    Uma Dobra no Tempo

    2.3 143
    16
  17. O Sal Desse Mar (Milh Hadha al-Bahr / Salt of This Sea)

    O Sal Desse Mar

    3.8 2
    17

Comentar: