Somos Todos Assassinos

1952

Nous Sommes Tous des Assassins

Dirigido por:
Média geral 3.9
baseado em 16 votos
Sua avaliação:
salvando
115 minutos

Este libelo contra a pena de morte ajudou a mudar a lei sobre o assunto na França do pós-guerra. Trata do drama de um homem que é condenado à pena de morte após matar um homem em tempos de paz, mesmo sendo um oficial que recebeu diversas honrarias durante o período de guerra justamente por matar pessoas, montando aí um inteligente paradoxo nas mãos do diretor André Cayatte (Os Amantes de Verona). Com mão hábil, ele, que era advogado antes de se tornar cineasta, mostra como os conflitos morais, os dramas humanos e as leis regidas pelo Estado podem entrar em atrito quando servem apenas para defender determinados interesses. Uma obra contundente e que vale ser (re)vista e pensada.

Estreia Mundial:
1952
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: