Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Teresa Wright (I)

Teresa Wright (I)

Nomes Alternativos: Muriel Teresa Wright

36Número de Fãs

Nascimento: 27 de Outubro de 1918 (86 years)

Falecimento: 6 de Março de 2005

Manhattan, New York City, New York - Estados Unidos da América

Teresa Wright (Nova Iorque, 27 de outubro de 1918 – New Haven, 6 de março de 2005) foi uma atriz estadunidense.

Muriel Teresa Wright nasceu em 27 de outubro de 1918 no Harlem, em Nova Iorque. Seus pais eram Martha Espy e Arthur Wright, um vendedor de seguros.1 Ela cresceu em Maplewood, Nova Jérsei. Durante o ensino médio, Teresa se interessou em seguir a carreira de atriz e, nas férias de verão, passou a atuar em produções teatrais de Provincetown, Massachusetts.2 Após ter se graduado no ensino médio, em 1938, ela retornou à cidade de Nova Iorque, onde foi contratada como substituta do papel de Emily (interpretada por Dorothy McGuire e mais tarde por Martha Scott) na peça Our Town de Thornton Wilder. Ela assumiu o papel quando Scott se deslocou para Hollywood para filmar a adaptação da mesma peça.

A partir de 1939, Teresa atuou no papel de Mary Skinner na peça Life with Father. Foi então que foi descoberta por um caça talentos contratado por Samuel Goldwyn para encontrar uma jovem atriz para interpretar o papel de Alexandra Giddens na adaptação da peça The Little Foxes de Lillian Hellman. Ela imediatamente assinou um contrato de cinco anos em Hollywood, mas assegurou a imagem de atriz séria numa cláusula em que afirmava que não posaria para fotografias vestindo maiô ou shorts.

Em 1941, Teresa foi indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante por sua performance de estréia no cinema em The Little Foxes. No ano seguinte, foi indicada como melhor atriz principal por The Pride of the Yankees, onde interpreta a esposa do jogador de baseball Lou Gehrig, vivido por Gary Cooper. Nesse mesmo ano, venceu como melhor atriz coadjuvante por sua performance no filme Mrs. Miniver. Até hoje, nenhum outro ator conseguiu ser indicado por seus três primeiros filmes.

Em 1943, Goldwyn emprestou Teresa para a Universal Studios para o filme Shadow of a Doubt, dirigido por Alfred Hitchcock. Outros filmes notáveis da atriz incluem The Best Years of Our Lives (1946), vencedor do Oscar de melhor filme, e The Men, o primeiro filme de Marlon Brando.

Teresa se rebelou contra o sistema dos estúdios da época. Quando foi demitida por Goldwyn por sua recusa a promover o filme de 1948 Enchantment, ela não expressou arrependimento em perder seu salário de 5 mil dólares por semana. Ela afirmou, à época, que "o tipo de contrato entre atores e produtores é antiquado na forma e abstrato no conceito. Não há privacidade nossa que os produtores não possam invadir. Nos tratam como gado, mandam em nós como se fossemos crianças".3 Entretanto, antes da exibição de Enchantment no Turner Classic Movies em março de 2006, o apresentador Robert Osborne disse que Wright sentiu-se arrependida mais tarde por ter deixado a empresa de Goldwyn, já que seu salário por filme decresceu cerca de 100 mil dólares.

A partir de 1955, Teresa passou a atuar mais em peças de teatro e na televisão. Em 1957, foi indicada ao Emmy por The Miracle Worker e, em 1960, por The Margaret Bourke-White Story. Em 1975, ela atuou em A Morte de um Caixeiro Viajante e, em 1980, em Morning's at Seven na Broadway.

Seus papéis mais recentes no cinema foram em 1980 em Somewhere in Time e em 1997 em The Rainmaker, adaptação de Francis Ford Coppola do romance de mesmo nome de John Grisham.

Teresa faleceu de ataque cardíaco em 6 de março de 2005 no hospital da Universidade Yale em New Haven, Connecticut. A atriz tinha 86 anos de idade.

Filhos: Mary Kelly Busch, Niven Terrence Busch
Cônjuge: Robert Woodruff Anderson (de 1959 a 1978), Niven Busch (de 1942 a 1952)

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.