Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > _wasp
23 years (BRA)
Usuária desde Janeiro de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Laysa Leal

    Minha interpretação é a seguinte:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    A relação entre Thelma e Anja nunca foi consensual e Anja nunca se apaixonou, realmente, por Thelma. O final evidencia que tudo é causado pelo desejo de Thelma, o que explica a estranheza da cena do espetáculo, quando Anja toca a coxa de Thelma enquanto a própria mãe (!!!) está sentada bem ao lado. A cena do beijo, logo em seguida, é estranhíssima! Uma pessoa que interrompe sua iniciativa e se retira do local, chorando, provavelmente não corresponde ao teu interesse, e o melhor a se fazer é não insistir, certo? Mas Anja reaparece e a beija sem dizer uma única palavra, porque é isso que Thelma quer, é o que ela faz acontecer, embora esteja confusa e vivencie um conflito devido às suas crenças religiosas.
    Ainda, Anja encontra-se em aparente estado de transe (por falta de melhor termo) durante vários momentos do filme. É como se ela estivesse sendo controlada, mesmo; mas, por ambas as partes, isso acontece de maneira inconsciente.

    Eu não acho que a família de Thelma tenha sido sempre tão ferreamente religiosa. Após o incidente que resultou na morte do irmão e na consequente tentativa de suicídio da mãe, o pai, que já havia tentado medicação (como ela descobre quando vai ao médico, após a primeira convulsão) se vê sem alternativas e recorre ao que parece ser a única e última esperança: a fé, a crença, as orações, a religião.

    No final, quando Thelma finalmente toma consciência e controle sobre seus poderes (por assim dizer), ela conscientemente assume controle sobre os sentimentos, vontades e intenções de Anja, uma coisa meio Kilgrave (rs), o que a este ponto já torna a relação abusiva, até, no sentido de uma forçar a outra a estar com ela.

    Embora eu não concorde com quem tem dito que há um final feliz para o casal lésbico — o que não acontece com muita frequência — fico muito satisfeita pela representatividade em um ótimo filme que sequer tem a relação homossexual como foco, mas como um elemento essencial à condução da trama. É como deveria ser, no cinema e na TV, mas infelizmente a homossexualidade está longe de ser socialmente legitimada.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Laysa Leal

    Das pessoas que estão falando mal de Ocean's 8, dois grupos se destacam:

    1. Gente que já tava com rancinho antes mesmo de assistir ao filme e foi pra sala de cinema sem muita disposição a mudar de opinião, parecendo que tava ali só pra caçar erros e furos de roteiro (maioria macho se doendo por terem feito uma versão com elenco feminino).
    2. Gente que tá julgando como se o filme se propusesse a ser uma puta obra de arte do gênero policial, quando claramente não há essa ambição.

    Essa coisa de julgar um filme por algo que ele não se propõe a ser, aliás, é algo bastante frequente e que sempre me causa um incomodozinho.
    Eu fui assistir ciente de que se tratava de puro entretenimento e acabou sendo melhor do que achei que seria. A gente poderia esperar ver mulheres fodas, consagradas e premiadas em um filme foda, consagrado e premiado, mas vê-las em um filminho sessão da tarde, leve e divertido, também é legal. Chill, galera.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Laysa Leal

    Uma história perturbadora, mas um filme ruim. Me pareceu bastante forçado, pretensioso. As fraquíssimas atuações chegavam a ser cômicas, em alguns momentos, e o excesso de fades mais incomodou que ajudou a construir a atmosfera do filme. Quiseram demais, tentaram demais e muito pouco conseguiram do resultando desejado, falhando principalmente em comover o espectador.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Laysa Leal.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.