filmow.com/usuario/alan_gustavo/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > alan_gustavo
23 years (BRA)
Usuário desde Julho de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Instagram: @alanngcn

Letterboxd: https://letterboxd.com/alangustavo/

Últimas opiniões enviadas

  • Alan Gustavo

    A cena final em que

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    o garoto olha para o T'challa e pergunta sobre quem é ele

    É basicamente todo o contexto do filme. Imaginem as crianças negras assistindo a este filme, seus olhares encantados com aquela representação numa tela gigantesca. Não é simplesmente um filme de super-herói, é uma experiência de valorização social e cultural. E é por isso que a representatividade de Pantera Negra é importante num mundo tão intolerante e opressivo como o nosso, pois dá voz a uma identidade, permitindo que esses olhares encantados tenham o sentimento da própria e verdadeira importância para este mundo tão complexo como o nosso.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Alan Gustavo

    Quando Amelie Poulain encontra o Xenomorfo.

    O filme é incrível, não somente por trazer diversas abordagens sobre o amor, o diferente, a solidão, ou de como o homem

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    não é muito distinto de um animal ou de um monstro, violento e cruel comandado apenas para se provar em um mundo onde as conquistas nada mais são que um jogo de poder, em que integridade e futuros são distorcidos para um caminho sem volta, assim como o personagem do Michael Shannon (um dos atores mais subestimados), o Coronel Strickland enfrentou, onde mesmo que por alguns momentos tentasse fugir daquela situação que o rodeava, não obteve sucesso, já que sua integridade pessoal e profissional eram de extrema valia (mais até que sua própria família, da qual era nítida a sua distância) e que ele precisava cumprir aquilo que lhe era ordenado, cumprir mais uma vez para se provar, não somente ao seu cargo, mas a si mesmo, se afunilando cada vez mais na escuridão da própria natureza.

    Mas também por ser um filme único, contando uma história inventiva e fantasiosa, ao mesmo tempo em que o "prazer e a tragédia" caminham de mãos dadas... Não é somente uma história de amor, é uma história sobre as dores da solidão, sobre se encaixar no mundo mesmo com as diferenças, sobre ter a liberdade de poder sentir e se entregar por completo a aquele sentimento, sem culpa ou julgamentos. E por meio dessa fantasia, Del Toro nos mostra a realidade.

    E Elisa... Que personagem mais linda para esse cinema!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Alan Gustavo

    "Eu vivo, eu morro, eu vivo novamente". Foi exatamente assim que me senti vendo Mad Max.
    O prazer visual de ver esse filme, essas cenas de ação, esses personagens, esses carros, esse deserto LOUCO E CAÓTICO de Wasteland... É de brilhar os olhos.
    Que experiência! QUE FILME!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Alan Gustavo.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.