filmow.com/usuario/alice_ayres/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > alice_ayres

Usuária desde Fevereiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Alice Ayres

    <3 <3 <3

    “Somos apegados a ideia que temos de nós mesmos”

    "Eu te amo, eu te perdoo, me perdoe, obrigado, adeus".

    ♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫
    "And there's always you
    And there's always me
    And there's always us
    Mommy and daddy and genius girl makes three"

    ♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫

    Everyone has gone away
    Can you hear me? Can you hear me?
    No one cared enough to stay
    Can you hear me? Can you hear me?
    You must remember the old man
    I know that you can if you try
    So just open up your eyes, old man
    Look who's come to say goodbye

    The sun has left the sky, old man
    The birds have flown away
    And no one came to cry, old man
    Goodbye, old man, goodbye

    You want to stay, I know you do
    But it ain't no use to try
    'Cause I'll be here-and I'm just like you
    Goodbye, old man, goodbye

    Won't be no God to comfort you
    You taught me not to believe that lie
    You don't need anybody
    Nobody needs you
    Don't cry, old man, don't cry
    Everybody dies

    ♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫♫

    Viagem feriado dia das crianças, marido , Tiradentes

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Alice Ayres

    "Há uma piada antiga; duas velhinhas em um hotel fazenda em Catskill. Uma diz: “A comida aqui é um horror.” A outra diz “Eu sei,e tem porções minúsculas.”

    É assim que eu vejo a vida: cheia de solidão, miséria, sofrimento e tristeza e acaba rápido demais.

    Outra piada importante, que é geralmente atribuída a Groucho Marx; é assim, estou parafraseando: não quero ser sócio de nenhum clube que aceite alguém como eu de sócio. É minha piada-chave como adulto em se tratando de mulheres. Tenho pensado em coisas estranhas ultimamente, porque fiz 40 anos e acho que é crise da idade; não me preocupo em envelhecer, não sou um desses. Estou ficando careca, é o pior que poderia dizer. Acho que quanto mais envelheço melhor eu ficarei. Acho que serei do tipo careca, viril, em vez do distinto grisalho; a menos que eu não seja nenhum dos dois. Só se eu for do tipo que fica babando e vaga pelas cafeterias com um saco de mercado falando de socialismo.

    Annie e eu terminamos e ainda não entendi bem como. Tento mentalmente montar os pedaços do relacionamento, examinando a minha vida e tentando entender onde foi o erro. Há um ano atrás estávamos apaixonados. Engraçado. Não sou rabugento. Não sou do tipo depressivo. Fui uma criança até que feliz. Fui criado no Brooklyn, durante a II Guerra."(porém os flashbacks mostram o oposto!)

    "Tudo que nossos pais disseram que era bom é ruim. Sol, leite, carne, faculdade."

    Eu sinto que a vida é dividida entre o miserável e o infeliz. Essas são as duas categorias. Os miseráveis são como, não sei, casos terminais, você sabe, e pessoas cegas, aleijadas. Não sei como eles enfrentam a vida. É impressionante para mim. E os infelizes são todos os demais. Assim, você deve agradecer por ser infeliz, pois ser infeliz é muita sorte.

    "Acho que não aguentaria conversa mole. Não reajo bem conversa mole. Tenho tendência a amolecer, amadurecer demais e a ficar podre"

    "A gente tá sempre querendo que as coisas saiam perfeitas na arte, porque na vida é sempre muito difícil..."

    "Masturbação e fazer amor com quem você mais ama."

    “Amor é uma palavra muito fraca para o que eu sinto – I luuurve you, você sabe, I loave you, I luff you, com dois F’s, sim eu tenho que inventar, claro que eu tenho, não tenho?”

    “Qual a frequência sexual de vocês?
    Alvy: – “Quase nunca. Só três vezes por semana”.
    Annie: – “Demais. Umas três vezes por semana”.

    " Eu não quero viver em uma cidade onde a única vantagem cultural é virar a direita no farol vermelho. "

    ''Um relacionamento, eu acho que é como um tubarão, sabe? Tem que constantemente seguir em frente ou morre! E eu acho que o que a gente tem em nossas mãos é um tubarão morto.”

    ''Já disse mil vezes, deve sempre ter um inseticida em casa.
    Nunca se sabe QUEM vai aparecer''

    "—Nem consigo acreditar, isto é mesmo Beverly Hills. Meu Deus, é tudo tão limpo aqui.
    —Não jogam fora o lixo, transformam-no em programas de televisão."

    Se não viu, não leia!

    “-O interessante é que eu encontrei com a Annie de novo.
    Na parte alta de Manhattan. Ela voltou para Nova York. Morava em Soho com um cara.
    Eu a vi quando estava arrastando esse cara para ver The sorrow and the pity. Algo que pra mim é um triunfo pessoal(pois era o filme favorito de Alvy, e que ele vivia levando Annie para ver)
    -Annie e eu almoçamos logo depois disso, e relembramos dos velhos tempos...

    -Depois disso ficou muito tarde e nós dois tivemos de ir. Mas foi ótimo ver Annie outra vez. Percebi a pessoa incrível que ela é, e como era bom poder conhecê-la. E lembrei daquela velha piada, sabe? O cara vai ao psiquiatra e diz: "Doutor, acho que o meu irmão enlouqueceu, ele pensa que é uma galinha."
    "Por que você não o interna?" perguntou o médico. E o cara responde "Eu internaria, mas acontece que eu preciso dos ovos.
    -Então eu acho que é mais ou menos assim que vejo os relacionamentos amorosos hoje: eles são totalmente irracionais, loucos, absurdos, mas a gente continua tentando orque...a maioria de nós precisa dos ovos.”

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Luciano
    Luciano

    Aliceeee!!!
    Tirou onda de entendida com todos hein kkkkkkkkk. Parabéns pelo Nascimento de seu sobrinho/afiliado, mais uma felicidade pra vc e sua familia! Daqui a um tempinho ja vai estar levando ele pra almoçar em todos esses restaurantes rsrsrsrs. Esse fim de semana vou conferir alguns filmes e te indico apenas os que valem a pena de vdd kk, a cada 10 filmes, 8 que assisto são medianos kk. Aproveita bastante sua familia ok?! Bjoo.