filmow.com/usuario/amandascofano/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > amandascofano
29 years (BRA)
Usuária desde Fevereiro de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Amanda Scofano

    Penso que só pela quantidade de comentários aqui, com opiniões divergentes, já pode-se dizer que é um filme de sucesso, que faz pensar e até mesmo questionar as nossas verdades e relações. No início

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    achei bem interessante que quando os dois "desistiram" de colocar o filtro do aplicativo para algum tipo de relacionamento, e puseram em "apenas uma transa" (ou algo assim), é que eles se encontraram e se permitiram conhecer. A grande questão era a imaturidade dos dois e no caso do Martin, uma antiga relação mal resolvida. Eles buscaram num relacionamento aberto a salvação para a relação deles, mas como a autora do livro disse, um relacionamento aberto não é o porto onde você quer chegar, é um dos degraus de uma relação. E foi exatamente isso que eles fizeram. Mas como foi dito também, a grande questão da infidelidade é o segredo, e os dois continuaram mantendo segredos mesmo quando a relação sexual se tornou aberta (porque obviamente relacionamentos amorosos não são apenas sexo e aquilo não iria se sustentar por muito tempo por conta deles nunca terem exercitado a confiança). Ao contrário do que é dito no filme (e alguns comentários aqui tbm), eu não achei a Gabi uma pessoa auto destrutiva mas sim impulsiva, porém muito sincera. Era apenas o que ela queria do Martin, que ele fosse honesto com ela sobre o seu passado.

    No todo, eu achei um filme muito maduro, realista e honesto (talvez o contrário da relação deles). Talvez pudesse ter alguns minutinhos a menos pra manter o ritmo, mas é bem interessante.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Amanda Scofano

    Na minha opinião o filme ia muito bem até o terceiro ato e a revelação final. E não que o plot seja ruim, mas achei que destoa completamente do que foi apresentado ao longo das duas horas anteriores. Os questionamentos colocados no início do filme são super válidos, mas aquela cena do

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Jason Isaacs com o rosto derretido, as coisas pegando fogo e tudo mais, parecia uma vibe Dracula de Bram Stoker (e não que seja ruim, inclusive apesar de cafona eu amo esse filme),

    mas eu acho que não casa com a história inicial. Acho também que poderia ter uns 15 minutos a menos. Agora, a fotografia e a montagem são fantásticas.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Amanda Scofano

    O bom é que vai direto ao ponto, desenvolve o que precisa ser desenvolvido pra dar continuidade à história e faz a gente torcer pelos protagonistas. No todo, é mais do mesmo e super esquecível, mas não é ruim.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Júnior
    Júnior

    Confesso que os "metafóricos" não são meus favoritos hehe

  • Júnior
    Júnior

    Poxa eu adorei "O Presente", esse "Maus" é na mesma pegada?? Se for, já me interessei rs

  • Júnior
    Júnior

    Tem algum suspense bem indie em mente? rs

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.