filmow.com/usuario/andredick/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > andredick
41 years (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • André Dick

    Com a recepção crítica de Batman vs Superman, logo antes de iniciarem as filmagens de Liga da Justiça as expectativas estavam voltadas para o fato de Zack Snyder continuar como diretor ou não. Ele realizou o filme, no entanto, antes da finalização, precisou se ausentar devido a uma tragédia pessoal: o suicídio de uma filha sua. Para refilmar cenas e escrever e dirigir outras, foi chamado Joss Whedon, responsável pelos dois Vingadores. Ele assina o roteiro ao lado de Chris Terrio (Argo), um dos roteiristas de Batman vs Superman. Ocorreram outras mudanças, como na trilha sonora – Danny Elfman substituiu Junkie XL –, e a discussão passou a ser, antes do lançamento: este seria um filme realmente de Snyder?

    Crítica completa: wp.me/p2lvhr-7gf

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • André Dick

    Possíveis spoilers a seguir:

    O diretor Geremy Jasper tem sua estreia à frente de um filme com este inusitado "Patti Cake$". Com produção, entre outros, de Chris Columbus (mais conhecido pelos roteiros de "Gremlins" e "Os Goonies" e dirigir dois "Esqueceram de mim" e os primeiros "Harry Potter") e do brasileiro Rodrigo Teixeira, ele conta a história de Patricia Dombrowski, ou, simplesmente, Patti (Danielle Macdonald), uma jovem obesa, que vive num bairro de periferia tentando obter rimas para seus raps. No entanto, ela é chamada de Dumbo e apenas seu amigo Jheri (Siddharth Dhananjay) a leva a sério. Enquanto cuida de sua avó, Nana (Cathy Moriarty, excelente), precisa ver sua mãe, Barb (Bridget Everett), cantando no mesmo bar onde atende. A mãe gostaria de ter tido uma carreira musical, mas em razão do compromisso a com filha não pôde se dedicar.

    O diretor Jasper mostra um talento muito grande para encadear uma sequência de conflitos críveis e por vezes engraçados. Muitos apontam semelhanças com "8 mile", com Eminem, e realmente há, mas esta obra parece mais humana sobretudo por causa de Macdonald, excepcional no papel central, e Everett, como sua mãe (ambas mereciam ser indicadas ao Oscar).

    Patti, que tem o nome artístico Killa P, tem como ídolo um rapper, OZ (Sahr Ngaujah), e conhece um músico, Basterd (Mamoudou Athie), um afroamericano rebelde que pode lhe proporcionar a capacitação sonora que sua música precisa. O que chama a atenção em "Patti Cake$" é como ele não se leva a sério no bom sentido, parecendo realmente dar vida a uma personagem que representa muitas outras renegadas pelos "pilares" culturais de uma sociedade. Nisso, o filme lida com relação entre fã e ídolo e rivalidade entre mãe e filha de modo tocante. O visual do filme, baseado no recente "Tangerine", possui cores vibrantes e um movimento contínuo, reforçado por uma trilha sonora de ótimo nível. A canção que Patti faz com seus companheiros e toca num momento-chave é um hit de rap poucas vezes ouvido.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • André Dick

    O único problema claro desta série é o número de episódios por temporada. Assim como a primeira, esta segunda não cansa em nenhum momento, seguindo uma linha de sequências bem conduzidas pelos irmãos Duffer e por Shawn Levy, principalmente. Mas aqui ainda temos dois episódios dirigidos por Andrew Stanton, responsável pelo subestimado "John Carter", único filme com atores que ele dirigiu, já que se dedica mais a animações. Seu trabalho nos episódios 5 e 6 é muito bom, tanto na direção quanto no desenvolvimento dos personagens.

    A história continua seguindo os passos da turma composta por Mike Wheeler (Finn Wolfhard), Lucas Sinclair (Caleb McLaughlin), Dustin Henderson (Gaten Matarazzo) e Will Byers (Noah Schnapp), agora com a companhia de Maxine "Max" Hargrove / "Madmax" (Sadie Sink). Eles não sabem onde está Eleven (Millie Bobby Brown). Enquanto Will passa por alguns problemas, ajudado pela mãe Joyce (Winona Ryder), o xerife Jim Hopper (David Harbour) precisa tentar descobrir novos mistérios relacionados ao Mundo Invertido. No núcleo mais jovem, Jonathan Byers (Charlie Heaton) continua interessado por Nancy Wheeler (Natalia Dyer). Já Steve Harrington (John Keery) precisa enfrentar novos conflitos.

    O elenco, como na primeira temporada, possui grande química, com um desenvolvimento adequado de novos interesses, e o trabalho de fotografia de Tod Campbell e Tim Ivens, de "Mr. Robot", se destaca pela composição de cores e na iluminação do ano de 1984, quando se passa essa temporada. A referência a "Os caça-fantasmas" é clara, mas temos também diálogos com "Os Goonies" (também pela presença de Sean Astin), "Aliens - O resgate" (também pela participação de Paul Reiser), "Super 8" e "Evil dead" (de Sam Raimi), o que fornece não apenas uma nostalgia, como boas soluções para a trama. Também lembrei um pouco da série "Surface", de boa qualidade, mas que durou apenas uma temporada. O episódio 7, de Rebecca Thomas, talvez seja o que mais foge ao restante da trama, embora seja complementar e tenha bons momentos, mas é quando os irmãos Duffer voltam nos episódios finais que há uma grande escala de momentos.Talvez tenha me incomodado um pouco a sequência de flashbacks, tornando a trama em certos pontos um tanto expositiva, o que não prejudica o resultado excelente.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/