Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > andy244
20 years (BRA)
Usuária desde Julho de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Vejo doramas há 4 anos e também amo anime,filmes asiáticos,kpop e sou uma Army.
Uso o filmow para organizar meus doramas/filmes e comento sobre alguns que vejo.

MyDramaList: http://mydramalist.info/user/35984/andy244

Últimas opiniões enviadas

  • Andréa Mendonça

    Para começar esse dorama é um spin-off de um manhwa, sendo que na introdução de cada episódio aparece os personagens originais da capa do mesmo. A fotografia, animação e as roupas principalmente foram impecáveis, me apaixonei pela peruca do personagem Habaek.

    Os personagens que mais gostei foi Habaek e Sin Hu Ye, sendo que entre os dois o segundo que me conquistou com sua estória e tenho que dizer que só com ele daria para fazer um dorama a nível de Goblin ou até mesmo o superar.

    Habaek: algumas pessoas podem o acha arrogante, confesso que em algumas partes foi sim, mas como um rei e por não conviver com humanos ele não poderia ser diferente.

    Hu Ye: não posso disse muito sobre porque seria spoiler, mas forque nele que é sucesso. Já gostava da atuação do Im Joo Hwan, porém agora virei fã.

    Bi Ryeom: Achei que seria o empata casal, mas não ele é do tipo que gosta de tretar, porém nunca mexeu no relacionamento dos principais.

    Mura: é ambígua, mas não é uma vilã, ouso a disser que ela é real que poderia ser qualquer pessoa.

    So Ah: a personagem que menos gostei, apesar de me identificar com ela por causa do medo de água, não senti química no casal e nem empatia pela mesma e fiquei decepcionada com a forma com que a mesma trabalhava e seu trabalho em si que não tinha tanto destaque. Muito dramática, vitimista e sem objetivos viáveis,

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    como pode quere ir para uma ilha se tem medo de água?

    Cenas favoritas: Episódio 6 Sugar Daddy rsrsrs que é Army vai entender;

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    no 5 a principal e a cozinha; no 11 o Habaek bêbado falando com a caixa de correio e o Bi Ryeom se divertido com a situação e 13 Habaek e o Nam SooRi com a carteira de motorista e identidade como se fosse algo extremamente maravilhoso.

    O final não foi redondo pois deixou muitas pontas soltas, como ele

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    perdeu os poderes? Por que voltavam quando ela precisava de ajuda?

    Porém gostei de alguns desfechos, mas para se sincera não me importei com o mesmo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Andréa Mendonça

    É cheio de clichês, eu esperava um dorama mais ousado por causa do primeiro episódio, mas não significa que não gostei, teve um pouco de Cinderela com um diferencial e a moeda de 500 won; gostei muito dos epílogos que são como se fosse uma 3 pessoa gravando ou câmeras escondidas e Hashtags e vários episódios terminavam com poemas do diretor e poeta Won Tae Yeon.

    O/A artista que fez os desenhos de W e Something About 1%, quero muito sabe quem é e a escola do 2 episódio também aparece no Something About 1%.

    Originalmente teria 16 episódios, mas foram reduzidos para 13; isso foi uma decisão sábia pois partes do roteiro perderam o ritmo e ficaram pouco aprofundas e com furos, por mim, mudaria algumas coisas como tudo sobre o irmão da principal, destacaria o carinho do principal com seu secretário, o casal secundário do mesmo com a moça da cozinha e como foi abordado o abandonado da mãe do principal e seu medo de construir uma família.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Até entendo a Yoo Mi sair sem dizer nada da primeira vez, mas da segunda foi maldade pois ela sabia que a mãe dele havia feito o mesmo.

    Foi um diferencial a relação da principal com a mãe atriz pornô e consequências disso na mesma e amei o discurso no episódio final, porém desnecessário o excesso de flashback. Por fim gostei do final, mas senti falta de algo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Andréa Mendonça

    A primeira coisa que me atraiu foi o enredo que mistura crimes com viagem no tempo, nos primeiros episódios às vezes o ritmo fica um pouco lento, mas continue insistindo pois não irá se arrepender. Tem mistério, comédia e um pouco de romance (eu achei desnecessário, mas confesso que no final simpatizei com eles), foi inspirado no caso Gap Dong, uma as coisas que mais gostei foi que no passado as cenas são amareladas, já no presente as cenas são claras e a ideia dos pontos nas vítimas.
    Sobre a viagem no tempo e o assassino é confuso, porém o segundo há uma explicação do porquê.

    Pela minha analise as características dos assassinatos:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    mulheres, magras, por volta de 20 anos, de saia, à noite, sozinhas, estranguladas com meias, seus sapatos são colocados na mesma direção em todos os casos, todas estão na mesma posição fetal e com os olhos abertos, todas tinham pontos no calcanhar com a marcação do número da vítima feita pelo assassino.

    , tem alguns que não entram nisso, mas só vendo para entender.

    As cenas que destaco: Como Army é claro que percebi que no episódio 2 toca Save Me e Fire do BTS;

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    no 3 a quinta vítima se fingiu de morta, sendo assim, conseguiu escapa e morre no presente, 5 com estilo quem é o assassino? Como os livros da Agatha Christie, cena de perseguição do 9 com parkour, 10 e a Sin Jae I fez burrice, como pode procurar o assassino sozinha e com celular desligado? Gostei da virada que teve no 12,

    o 15 foi o mais tenso de todo o dorama e no 16 o Kim Sun Jae deu um banho contra o machismo.

    Gostei do final, mas fiquei curiosa de como ficou o presente depois das modificações no passado, sabe muitas vezes tive vontade de chutar a bunda do Kim Sun Jae e ao fim percebe-se a evolução das aulas e dos alunos da Sin Jae I e ela própria, apesar que se eu fosse aluna dela teria medo pois ela é muito estranha.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Andréa Mendonça.