Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/aneontherocks/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > aneontherocks
32 years (BRA)
Usuária desde Agosto de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

@aneontherocks

Últimas opiniões enviadas

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Fernando
    Fernando

    Você achou tão ruim assim o "Era uma vez no Oeste"? =)

  • Puke
    Puke

    Compreendo o seu pensamento Ane. Se você tomar como parâmetro as estéticas fílmicas das produções atuais, evidentemente achará esses dois filmes precários e ruins. Contudo, além dessas obras terem sido renovadoras, em termos de produção, para as décadas que em foram filmadas, sendo nos anos 20 e 30, elas apresentam também, uma contundente crítica sobre a estrutura socioeconômica, que por sua vez nunca havia sido retratada pelo olhar do cinema. Assim sendo, devemos apreciar, principalmente o Metrópolis pela perspectiva conteudista e não formal. Embora neste possamos encontrar importantes referências estéticas do expressionismo alemão. Lembra aquela primeira cena em que os operários estão no elevador começando a rotina de trabalho sob o com daquela canção fúnebre - todos relativamente sem faces e iguais? Fantástico.... Quanto ao Tempos Modernos, ele não é bobo, é inocente e cômico. Essa é uma característica de Chaplin que imprimi nas suas obras de forma sutil a condição absurda e desumana da Era Industrial. Abraços.