filmow.com/usuario/asrcinefilo2103/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > asrcinefilo2103
27 years Cachoeirinha - (BRA)
Usuário desde Maio de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • André Ribeiro

    A Disney segue na sua longa caminhada de reciclagens de suas principais obras e vai apostar nos filmes em live-action para ficar cada vez mais bilionária, não é nada errado a se fazer, mas também passa a má impressão que esse estúdio só pensa em lucrar. Só este ano teve três live-actions derivado de animações que são: “Dumbo”, “Aladdin” e o mais popular “O Rei Leão”.

    Um filme visualmente magnifico, muito bem-feito na parte técnica e com um realismo impressionante. Entretanto, nesse novo “O Rei Leão” faltou emoção nos personagens, não tem o peso emocional da história do filme original, além de não ter nada de novidade ou algo de diferente apresentado no enredo.

    Uma surpresa desagradável foi ter que aguentar a péssima edição Brasileira da trilha sonora do filme, muito ruim e antiquada. Os cinemas Nacionais deveriam ter deixado às músicas originais do longa.

    Embora a versão em live-action não tenha alcançado o potencial da obra original, nesse filme podemos destacar a sua boa energia e seu alto astral, um longa-metragem feito para todas às idades. Relembrar os bons momentos de infância da obra original já faz do novo “O Rei Leão” um filme legal de se assistir, apesar de alguns erros que prejudicaram a qualidade do longa.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • André Ribeiro

    Shyamalan é um diretor ousado e sem medo em apostar em filmes de alto risco, a sua carreira decaiu tanto que o considerei um cineasta qualquer. No entanto, em “Fragmentado” ele surpreendeu, marcou a sua volta por cima em grandes filmes e se encontrando aos poucos com o seu potencial.

    Em “Vidro” ele tinha a oportunidade de finalmente voltar a se firmar de vez na indústria cinematográfica, a expectativa sobre esse filme era muito alta, pois, se tratava de uma trilogia com grande chance de fechar com chave de ouro.

    O filme é de difícil avaliação, pois, gostei de algumas cenas e de outras não. Vence pelo elenco que é de peso e respeito, às atuações são acima da média, especialmente de James McAvoy que é incontestável. O embate de David com A Fera é de grande impacto, mas de pouca empolgação.

    Sobre o desfecho, ah!? O desfecho… Achei bem cru e humano, porém, reflexivo, mesmo assim esperava mais, faltou algo… As reviravoltas no enredo são pouco eficientes e não são tão surpreendentes quanto dos filmes antecessores.

    Enfim, a conclusão da trilogia de Shyamalan não chega a ser decepcionante, mas também não alcançou a expectativa sobre o mesmo. O considero um bom filme, mas inferior os antecessores “Corpo Fechado” e “Fragmentado”.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • André Ribeiro

    Pareça-me que há um grande jogo sujo da Disney em cima das distribuidoras rivais, pois, muitos dos filmes de Ação e Ficção que não são da Marvel ou Disney recebem críticas negativas, e consequentemente não são bem aceito pelo público também. Parece que agora é obrigatório os filmes desses gêneros ter piadinhas a cada cinco minutos de filme para agradar a crítica especializada e o espectador. Li muitas críticas feitas ao longa e achei exagerada muitas delas, inclusive muitas também que não fazem sentido algum, parece que muitas pessoas assistiram o filme com má vontade.

    É claro que “Máquinas Mortais” passa longe de ser um filme excelente, mas também não é essa “bomba” que muitos pensam. Tem os seus defeitos como qualquer outro blockbuster, talvez o filme tenha se dado mal nas bilheterias por causa da escolha do elenco e também por ter sido lançado no mesmo período de “Aquaman”. É uma pena, pois, “Máquinas Mortais” tem muita história pra contar, pois, se trata de uma adaptação com uns quatro livros, mas os números de bilheteria baixíssimos geraram um grande prejuízo para a Universal. Continuação aqui talvez não acontecerá…

    Levando-se em conta seus pontos baixos, “Máquinas Mortais” poderia ter tido uma edição melhor, alguns acontecimentos e personagens ficaram no meio do caminho, esquecidos e sem desfecho. Em contrapartida, trabalharam bem em cima da personagem principal “Hester Shaw”, desenvolveram bem a parte dramática de seu passado e eu particularmente gostei muito dela apesar de ser uma atriz com pouca experiência.

    Um grande acerto do filme foi não fazer da personagem principal o centro das atenções, os outros personagens também tiveram importância na trama, conseguiram equilibrar o papel de cada um para o desfecho “feliz” da história. É claro que rolou alguns clichês no meio, o que não é nada anormal.

    Enfim, um filme que proporciona um entretenimento de alto nível com grande qualidade na parte técnica em um primeiro ato impecável. Tem potencial para mostrar mais e melhor em uma possível ou improvável continuação…

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.