filmow.com/usuario/cigaretteandhush/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > cigaretteandhush
19 years (BRA)
Usuária desde Junho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Lara

    O aspecto mais incrível de Black Mirror é que, apesar de ser uma série de ficção científica, é totalmente relacionável com o nosso mundo real. Um reflexo perturbador da nossa tecnologia e para onde ela parece estar nos levando.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Todos os acontecimentos foram consequências de Beth fazer o que nós, hoje em dia, fazemos com a maior naturalidade. Pode parecer insano que Beth preferiu bloquear o Joe completamente de sua vida em vez de simplesmente falar a verdade, mas diante de duas opções - enfrentar o problema ou bloqueá-lo para sempre - ela escolheu a última. Dois segundos, e o problema é resolvido.

    A tecnologia, que num momento inicial servia para facilitar ou nos livrar de tarefas trabalhosas demais ou simplesmente entediantes, agora atua de forma significativa em nossas relações sociais e pode influenciar completamente a forma como nos relacionamos com outras pessoas.

    E claro, abre espaço para os questionamento. Já bloqueei algumas pessoas porque me sentia aborrecida e bastante incomodada por elas. Na época, pareceu uma atitude plausível, mas agora não tenho mais tanta certeza se foi justo. Aliás, é esse mesmo um dos principais objetivos de Black Mirror: fazer você questionar a sua vida inteira. Sempre de forma genial.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Lara

    Sempre que vejo alguém falando mal da Summer, me pergunto se essa pessoa assistiu ao mesmo filme que eu.

    A Summer nunca mentiu. A Summer nunca iludiu o Tom - ele foi capaz de fazer isso sozinho. Não houve um único momento em que a Summer disse querer um relacionamento sério, disse estar apaixonada de verdade pelo Tom, disse que não ia simplesmente acordar se sentindo diferente - ela deixou bem claro que nunca poderia dar essa certeza a ele.

    Odiar a Summer é a coisa mais fácil a se fazer, quando tudo que temos é o ponto de vista do Tom. Mas quem pode culpar a Summer por não se sentir da forma que o Tom queria? Ela não é um robô. Não podemos forçar o outro a sentir o mesmo que nós só porque queremos que seja assim.

    E posso dizer que esse é o filme mais honesto sobre relacionamentos que já assisti. Como a própria Summer diz, "relationships are messy, and people's feelings get hurt". É bom ver um filme que foge da fórmula mágica do "felizes para sempre" e mostra a realidade.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Lara.