filmow.com/usuario/ddmmaaa/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > ddmmaaa
31 years
Usuária desde Dezembro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • DD/MM/AAAA

    A estética de Goonies. E.T e Eerie Indiana com um plot Stephen King contado como se fosse um episódio de Arquivo X. Pra mim funcionou melhor no papel porque os personagens são genéricos, previsíveis e a escrita e o trama da série nunca estão a nível da direção de arte e das atuações

    Prós:

    + Direção, arte, fotografia, a recriação dos 80s de um filme do Spielberg é perfeita
    + Atuações, especialmente da Winona e da 11
    + É bem escuro e nas matas, que nem as melhores séries são (e raramnete uma série é tão escura)

    Contras:

    - Personagens genéricos com alguns subplots horríveis tipo o do playboy tentando comer a nerd.
    - Escrita fraca com vários diálogos meio embaraçosos.
    - Trama interessante mas sem nada de novo e com alguns problemas de consistência
    - A série força toda hora jogar referências à cultura pop na cara do expectador e nunca parece natural, e sim uma tática de merchandising. Alguém ensina a eles que referência a cultura pop é algo sutil e não gritar na tela o nome de outros produtos o tempo todo
    - A história esticou demais pra 8 episódios, e como várias séries Netflix, tem fillers bem fracos no meio desses 8 episódios, alguns onde não acontece nada, só enrolação. Podia ser uma série tipo Black Mirror onde cada episódio contava uma história diferente no universo da série e esse plot podia ser história pra 1 episódio só (ou pra um duplo). Ou mesmo um longa-metragem de 2h, se juntar os melhores momentos da série deve dar umas 2h mesmo, cortando todos os subplots fracos e fillers.

    Ainda recomendo, mas pra quem curte tais temas em específico

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • DD/MM/AAAA

    A terceira temporada de The Wire volta o foco para os personagens e arcos da primeira, mas assim como a segunda, acrescenta uma nova instituição na narrativa: a política de Baltimore. Essa temporada vale mais que uma tese de pós-phd para entender muita coisa na sociedade. Hamsterdam, os corpos caindo, fones descartáveis, as situações políticas da cidade, a redenção do Cutty. O nível de detalhismo aqui com todos os vários temas levantados e até a "ficção" das drogas legalizadas e suas consequências positivas que uma sociedade conservadora se recusou a olhar são de cair o queixo, chocar. Eu fico sem ter o que falar porque paguei pau nos textos das duas temporadas anteriores e - de alguma forma - a série consegue ficar ainda melhor nessa obra-prima irrefutável de temporada. Apenas assista cada segundo que essa série produziu, a primeira e a segunda temporada são excepcionais, mas a terceira e a quarta são os prêmios pra quem ficou até ali. E na TV moderna, serializada e de complexas narrativas, as duas temporadas do meio de The Wire são o prêmio máximo.

    Obs: Vale ver como o Tommy Carcetti, bem intencionado no começo, virou um político comum após ser orientado pela coordenadora de campanha. O carreirismo destruindo a ideologia.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • DD/MM/AAAA

    A segunda temporada de The Wire é ainda superior a primeira. Ela toca numa questão muito negligenciada na sociedade: por onde entram as drogas no país? Aproveitando para estabelecer um arco inteiro baseado na entrada de drogas, prostitutas e aparelhos roubados nas zonas portuárias pelo mundo, The Wire apresenta o sindicado dos estivadores, trabalhadores de classe baixa que descarregam as mercadorias que entram no país. Ao mesmo tempo a série toca na corrupção e no "smuggling" das zonas portuárias em grandes cidades e na forma como a classe trabalhadora foi traída e abandonada. Dois coelhos numa cajadada só.

    Arcos da primeira temporada são colocados em segundo plano, mas nunca negligenciados. A série - que não tem personagens principais - não tem medo nenhum de dar muito tempo de tela para novatos, que aproveitam muito bem - a família Sobotka, em atuação e importância, toma conta da temporada, com seus problemas funcionais. Frano Sobotka é o líder de um sindicado traído e falido, fazendo de tudo para reeguer. Nick e Ziggy, um dos personagens mais perturbados da série, são jovens de classe trabalhadora que entram no mundo das drogas por opção, não por obrigação como D'Angelo e os personagens da primeira temporada.

    Novas perspectivas, arcos feitos de forma perfeccionista - as meninas mortas foi espetacular, Laura Palmer ao quadrado. A segunda temporada de The Wire foi mal recebida pelos fãs na época que não simpatizaram com as histórias entorno das docas - talvez porque a audiência branca se viu demais em Nick e Ziggy e se sentiu ofendida? Anos depois, já é consenso a obra-prima que foi a segunda encarnação de The Wire. E o assustador é que a série ainda iria melhorar mais...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Tiago
    Tiago

    Aceitei.
    Análises sensacionais sobre The Wire.

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Jeferson
    Jeferson

    5 estrelas pra As Branquelas no filmowstes

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.