Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > dgcaraujo
33 years Rio de Janeiro - (BRA)
Usuário desde Outubro de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Carioca, bibliófilo, cinéfilo e seriador — quase um pseudo-cult! Sou apaixonado pelo cinema brasileiro, cultuo David Lynch e Charlie Chaplin, considero Steven Spielberg um cara foda e confesso que adoro ver o Michael Bay explodindo coisas. Também sou YouTuber e compartilho minhas opiniões no canal www.youtube.com/culturaeacao.

Últimas opiniões enviadas

  • Diego Cardoso

    Não é "meu Deus, o filme da minha vida!", mas é bacana e principalmente, surpreendente, o que é bem raro em filmes desse gênero e com esse tipo de enredo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Diego Cardoso

    É um filme acima de tudo referencial, que somente terá aproveitamento pleno por amantes do Poker. Para um espectador comum, como eu, que sabe vários nada sobre o jogo e seus campeões mundiais, é apenas um filme com uma história comum e previsível. Há alguma tensão na história, mas nada que acontece ao longo da produção é algo realmente surpreendente. Mas se vc gosta de Poker e ainda não viu esse filme, está perdendo tempo, pois além de contar com a participação de personalidades do jogo, detalha (para quem conhece) estratégias e jogadas. Mas quem não conhece nada sobre o poker, pelo menos atingirá o entendimento pleno da expressão "Poker Face", haha

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Diego Cardoso

    Bom eu gosto de dramas. Dramas de época então... mas esse filme acabou sendo um pouco decepcionante, que vale ser conferido pela bela fotografia e a reconstrução de época, aspectos técnicos tão somente. Acho que esperava mais de uma personagem feminina a frente do próprio tempo, do que os dilemas superficiais apresentados na produção. Talvez uma duração maior teria feito alguma diferença, pois o resultado acabou sendo um filme de ritmo inconsistente (lento ao extremo na primeira hora e em ritmo alucinante na segunda) apresentando uma história rasa e tão esquecível quanto a protagonista, que no mesmo ritmo do longa, se transforma de mulher empoderada em uma submissa recatada do lar. Talvez o livro seja melhor, mas confesso que após o filme, tenho pouquíssima vontade de encarar o original literário.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Dheyson Alves
    Dheyson Alves

    Que massa teu Canal do Youtube, na lista.

  • Bruce Leal
    Bruce Leal

    "O Home Elefante" é ótimo. Foi um dos primeiros do Lynch que assisti e gostei bastante.

    "Cidade dos Sonhos" também é um dos meus preferidos. O roteiro era base de uma série que não teve o piloto aprovado, então o Lynch resolveu fazer a série. Tem até algumas tramas paralelas que lembram "Twin Peaks" e que seriam melhor desenvolvidas em uma série. O filme é confuso e é proposital. Tem justificativas, mas elas não são fáceis e você se sente meio idiota depois tendo que pesquisar os significados. Mas pelo menos tem. Outros filmes do Lynch, como "Império dos Sonhos" e "Estrada Perdida" não tem intenção nenhuma em fazer sentido e dar respostas, rs.
    Veja, quando puder, "Veludo Azul" dele. É o clássico do Lynch e não tão complicado de entender.

    "Duna" eu vi não faz muito tempo. Foi o filme que a gente trocou comentários por aqui. Não gostei muito e achei a direção do Lynch confusa, provavelmente porque a história é muito complexa pra pouco tempo. Vale mais por curiosidade.,

    Diego, meus preferidos do Lynch são "Cidade dos Sonhos", "Veludo Azul" e "O Homem Elefante" além de "Twin Peaks".
    Não odeio nada dele, só não me desce "Duna". E ele tem uns curta-metragens totalmente bizarros (mais que os filmes) que também valem por curiosidade, mas não são tão legais. Ele fez muita coisa experimental, principalmente no início da carreira. Coisa que só fã curioso assiste hehe