filmow.com/usuario/digdigdig/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > digdigdig
30 years, João Pessoa/PB (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

http://twitter.com/HowDoYouDoIt

Últimas opiniões enviadas

  • DiDiDi

    já vi o filme, tá aprovado sim.

    vi um monte de gente aqui falando em "não entendi o hype, que roteiro raso"

    eu assisti sem expactativa nenhuma e só consigo imaginar que essas pessoas que falam isso já chegam pra ver o filme com pedras na mão e um livro de Teorias e técnicas do Cinema... porque fica realmente dificil você se entregar a qualquer história qnd vc tá bastante preocupado com a parte técnica e se cada cena convence ou não.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Minhas cenas favoritas são as do Bradley com o irmão mais velho e as baladas que a Lady Gaga canta sozinha

    E claro:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    certeza que esse filme mexe mais com mais pessoas que com outras, principalmente pessoas que já passaram por situações difíceis (com vícios) e no tema de perdas familiares... quem mal terminou o ensino médio e já acha que viveu de um tudo dificilmente vai ter essa visão

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • DiDiDi

    Deixa eu tentar por em palavras o furacão de pensamentos que tou tendo...

    Não gostei, mas o filme não é ruim. Conta com cenas/diálogos bem legais.

    Só acho que errou nisso de ficar querendo ser thriller, se usando dos recursos do drama: O ritmo bem parado, bastante silêncio e diálogos profundos; Não que os thrillers não tenham um pouco de tudo isso, só acho que errou na dosagem.

    Num bate-papo, com uma audiência de gringos, que a diretora estava presente, ela contou que esse é um retrato da realidade brasileira atual ~ o medo e a violência.

    Confesso que isso me deixa com um pouco de nó na garganta, não tou dizendo que o que ela tá dizendo seja bobagem. O que me incomoda é o efeito Sebastião Salgado das coisas.

    Não tá errado, mas o que a diretora vende pras plateias são cenas de vários tipos de violência.

    Saí da sessão me perguntando "Qual é o publico alvo do filme? Ele realmente foi destinado pra quem? Pobres? Ricos? Brasileiros? Cariocas? Estrangeiros?"

    Enfim, tanto faz.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • DiDiDi

    Confesso que tou confuso

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Algumas pessoas que assistiram o filme comigo não concordaram com essa ideia de que o Pascal é realmente o assassino, como algumas pessoas daqui falaram. Discutimos que quando ele fala aquela frase (it's over ~ those girls didn't mean anything to me) é uma mentira, pq primeiro ele parece confuso dela (Moll) ainda questionar o caso todo... como se tivesse tentando entender aquela necessidade da Moll de ter alguém "no mesmo barco", lembrando que ele disse que faria qualquer coisa por ela, daí ele entra na onda dela, só pra dizer que eles eram iguais e bola pra frente, dizendo o que ela queria ouvir. Só que não termina tudo bem, pq ela percebe que ele não matou ngm e tá mentindo...

    Muitas coisas ambiguas, a Moll tb não é nenhum anjo... ela tem um temperamento suspeitoso, vingativa... ela tem aquela mãe meio louca dela... vide a menina da tesourada tratando a Moll como a malvada, a irmã dela chamando ela de ~wild one~, a investigadora chamando ela de falsinha... os sonhos violentos... a morte cruel do coelho...

    Não sei, muitas coisas apontam pra um lado e muitas pro outro, resolvi escrever esse comentário pq ainda não tinha aparecido ngm por aqui pra jogar esses questionamentos que vi em outros sites.

    Ahh! Tbm tem a cena do pêlo no pescoço, que seria uma representação, quando ela arranca o pêlo no inicio = ela estaria domando a fera (beast) e qnd ela deixa lá seria o oposto disso.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.