filmow.com/usuario/dressah7/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > dressah7
27 years, Recife (BRA)
Usuária desde Novembro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Andressa

    Eu ainda não consegui superar esse filme e acho que nunca superarei. É de uma emoção tão grande, forte em sua premissa e execução, e na reflexão a que nos submete. Hilary Swank está divina e é impossível não se emocionar. E pensar que essa ainda é a realidade de muitos e muitas transexuais. A pressão da família, da sociedade e consequentemente de si.
    A violência transpõe a tela e fica gravada em nossas mentes, pelo menos ainda está gravada na minha, mesmo depois de muito tempo que assisti.
    Chorei e continuo chorando.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Andressa

    Detachment significa desapego, distanciamento, indiferença. É sobre isso que o filme se trata, do vazio, da luta e fuga diárias, da complexidade da vida, dos sentimentos, das relações sociais. Através de um roteiro cru e provocativo, uma fotografia exemplar, com direito a distanciamento da câmara, e atuações incriveis, o filme é um tapa na cara de nós telespectador, nos emerge em uma reflexão sobre a vida, suas dificuldades e o nosso caminhar, muitas vezes distanciados, como dizia a citação de Albert Camus logo no início do filme: "E eu nunca me senti tão imerso e ao mesmo tempo tão desapegado de mim e tão presente no mundo".

    “Todos temos problemas, coisas com as quais temos que lidar, e todos nós levamos eles para casa de noite, e levamos para o trabalho de manhã cedo. Eu acho que tudo isso, essa impotência, essa constatação, esse mal presságio, estar à deriva em um mar sem boia nem salva-vidas, quando você achou que seria você quem jogaria a boia”.
    “Todos precisamos de alguma coisa para nos distrair da complexidade da realidade. Ninguém quer saber de onde tudo isso saiu. Ninguém quer saber da luta que é necessária para poder se tornar homem, para sair do mar de dores do qual todos temos que sair”.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Ubiratan Teixeira Filho
    Ubiratan Teixeira Filho

    Voce marcou querer ver...

    Cairo 678
    Título Original: 678
    Direção: Mohamed Diab
    Estreia: 12 de dezembro de 2010 (Dubai) / 9 de março de 2012 (Brasil)
    Origem: Egito
    http://cinerialto.blogspot.com.br/2014/08/2802.html

    Compartilhe com seus amigos e contatos, eles merecem ver esse filme e, se desejar receber as atualizações do blog (Cine Rialto), me adicione em seu “Google+” categoria ”Seguindo” e pronto, sempre que houver incorporação de filmes você receberá e poderá desfrutar as delicias que somente CINE RIALTO pode lhe oferecer!

  • Larissa
    Larissa

    obrigada!! já tá adicionada! ^^/

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.