Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > dudupepe
21 years Rio de Janeiro - (BRA)
Usuário desde Maio de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Sou um jovem que se sente velho, vivo pela arte, sou muito fã dos diretores Pedro Almodovar, Lars Von Trier, Sofia Coppola e Michael Haneke e assisto qualquer filme em que a Meryl Streep esteja. Sou de Salvador, mas moro no Rio (e na ponte aérea).

5 Irretocável / 4,5 Maravilhoso / 4 Excelente / 3,5 Ótimo / 3 Bom / 2,5 Mediano / 2 Fraco / 1,5 Ruim / 1 Muito Ruim / 0,5 Horrível

Últimas opiniões enviadas

  • Eduardo Pepe

    Claramente é um comentário social, mas cheio de humor e ironia. É tão incomum ver um filme que trabalha temas como racismo, diferenças de classes e sexualidade com um humor ácido, inteligente e consciente que não se perca num politicamente incorreto inconseqüente ou bobo. E o elenco está em estado de graça. Nunca vi Will Smith interpretando um papel tão complexo e lida com ele tão naturalmente, Donald Sutherland está ótimo e faz uma dupla mordaz com Stockard Chaning, que por formentar uma relação mais ambígua com o personagem de Smith a permite mais arestas e possibilidades. É verdade que alguns momentos destoam por serem teatrais demais e algumas opções de direção envelheceram, porém vale destacar como o diretor conseguiu usar diversas possibilidades cinematográficas que tiram o filme do chamado “teatro filmado”. Há muito de cinema "puro" aqui e, por vezes, dos mais interessantes.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eduardo Pepe

    Novamente a dupla de diretores pegam uma trama de tom social e dão um desenvolvimento surpreendente de tom fantasioso usando elementos do terror e do suspense. Interessante construção de clima a partir de uma direção ousada, um roteiro criativo e um elenco empenhado, com destaque para Marjorie Estiano e Isabel Zuaa. Dificilmente sairá sem prêmios do festival do Rio.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eduardo Pepe

    Conceitualmente, ele é muito interessante (abordar o declínio e a falta de comunicação de um casal a partir de uma obra visual, muito pautada pelo trabalho artístico dos protagonistas), a abordagem naturalista (as cenas de sexo, por exemplo, são tão palpáveis que parecem reais) e visualmente marcante (a fotografia do galpão e dos detalhes é notória), mas me pareceu falho o desenvolvimento do roteiro que mais insinua conflitos do que realmente os desenvolve e os vivencia. Como um curta, talvez, funciona-se melhor. Da forma que está, falta, por vezes, fôlego narrativo arrastando a trama, mas não falta momentos belos, além de ser notória a ótima ideia-conceito muito bem estruturada.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Eduardo Pepe.