filmow.com/usuario/edson_coelho/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > edson_coelho
29 years, Brasília (BRA)
Usuário desde Junho de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Aqui só constarão filmes que vi e gostei. Nada mais.
E os favoritos se resumirão em 11 (quebrei a promessa, ficou em 16). Porque 10 é limite de listas do século passado ;)

instagram.com/edson.coelho/
twitter.com/brunosofistinha
_ _
Diferentemente de vocês do Filmow, não sou teórico de cinema. Para mim é tudo emoção e empatia.

Últimas opiniões enviadas

  • Edson Coelho

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    fundamentalismo religioso como escape pros seus problemas pessoais, introjeção, escola sem partido... temos que resistir
    os russos quando resolvem se criticar fazem muito bem
    o gay sendo morto foi muito simbólico. assim como a elena pregar seus sapatos (como aquele ativista/artista que pregou os testículos em protesto contra putin)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Stéphanie
    Stéphanie

    Desculpa pelo textão. Preferi correr o risco de ser repetitiva ao risco de parecer dúbia. xD

  • Stéphanie
    Stéphanie

    Você está quase me convencendo a mudar de ideia e achar misógino sim. xD

    Sendo misoginia 'aversão às mulheres', toda generalização (na mensagem) do tipo "mulheres não são boas amigas (como os homens)", "mulheres são cruéis entre si", "mulheres são tão culpadas pelo machismo quanto os homens" é misógina.

    A questão é: dá para uma obra ser misantropa ("Assim caminha a humanidade...") se valendo de personagens femininas? Pra mim, é claro que sim. Contanto que não foque no gênero: ~As mulheres são cruéis por serem mulheres (faz parte da natureza delas)~. Mulheres podem ser cruéis porque são humanas e carregam defeitos. Ponto. Acho que 'Álbum de família' por exemplo é misantropo, carrega nos defeitos tanto dos homens quanto das mulheres.

    Além do mais, várias obras com protagonismo e coprotagonismo masculino versam sobre relações HUMANAS, dilemas HUMANOS, direitos HUMANOS. Mulheres são ensinadas desde pequenas a se verem "representadas" nessas obras. (Um sintoma desse fenômeno é que se fala "os homens" para falar de toda a humanidade.)

    Por que os homens não pode(ria)m se identificar com anti-heroínas? Eles não se identificam apenas com heróis bonzinhos afinal... Inclusive, vários chegam às vezes a preferir se identificar com o VILÃO DE FATO (do sexo masculino) que com a heroína (do sexo feminino).

    Outra: o foco em personagens femininas não isenta a obra de ser misógina. Às vezes, muito pelo contrário: autores que esquecem de inserir personagens femininas - ou optam por não fazê-lo - fazem obras nada misóginas. É só pensar em algumas animações e alguns filmes sobre guerra (como PomPoko e 'Nascido para matar', por exemplo). Outras tantas obras têm plots relacionados a homens (Orgulho e preconceito, Mulan, Top of the lake, etc.) e - além de não serem misóginas, são altamente feministas.
    Outros, enfim, focados nas mulheres, são altamente misóginos: basta ter uma anti-heroína carregando todos os piores defeitos associados ao sexo feminino (infantilidade, falsidade, desequilíbrio emocional/histeria, futilidade, interesses escusos, etc.).

    Não sei se foi problema de comunicação mas talvez seu conceito sobre misoginia esteja confuso. Misoginia não é o contrário de feminismo. É o contrário da (hipotética, imaginária ou pelo menos um tanto assimétrica) misandria. Por esse motivo, prefiro trabalhá-la em paralelo à misantropia.

    E mais: se todas as personagens femininas só têm autonomia na narrativa para tomarem as piores decisões, o encadeamento de ações é verossimilhante? O que é evidente não é que o autor (homem) não lhes deu "autonomia" nenhuma para decidir? Afinal, não é só uma cara escrevendo sobre como mulheres supostamente pensam/agem? Pode-se falar em autonomia das "anti-heroínas escritas por homens que alegam retratar o universo feminino"?

    Enfim, vejo problema em responsabilizar as pessoas que lidam com determinada situação alegando que elas têm consciência dessa. Uma pessoa proletarizada mas que tem que trabalhar de todo jeito (até mesmo se prostituir) por conta do desemprego e demais péssimas condições socioeconômicas é responsável por aquelas condições? Alguém que trabalha no McDonalds, por exemplo...

    Enfim [2] (rs.), uma obra apresentar misoginia por meio de seus personagens é muito diferente de ser misógina. Filme feminista que trata do tráfico de mulheres vai ter de apresentar esse aspecto do machismo.

    Enfim [3] (!!!), um cara dizer de forma superficial e condescendente "mulheres, não façam isso que é ruim para você" é um baita mensplaining.

    Enfim [4] (!!!!!), estilizar abusos faz parte da cultura do estupro.

    É... ainda não tenho opinião formada a respeito mas estou tendendo para achar o filme BEM ruim... =/

    P.S.: o que levou você e se dirigir a mim para fazer essa pergunta sobre o filme?