Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/eduardo_ben_lima/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > eduardo_ben_lima
21 years Curitiba - (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Sou alguém que aprendeu Inglês praticamente com filmes e séries, devido a admiração que possui por ambos desde a infância. Saber os nomes tanto de atores quanto diretores é a minha especialidade e, no geral, curto todos os gêneros, mas em particular tenho um carinho especial para com aventuras, ficções e suspenses!

Últimas opiniões enviadas

  • Eduardo Ben Lima

    Eu tô sem palavras! Se por um lado o filme ganha méritos por sua ótima fotografia, atuações viscerais e clima de tensão constante, por outro creio que ele também perca alguns pontos, em particular a cena final, que por mim bebeu da fonte de A BRUXA (com quem também tive minhas desavenças, contudo já me acertei de vez), e até mesmo de O BEBÊ DE ROSEMARY. Assim, ele começa bem, aí na metade melhora mais ainda (a trilha sonora tenebrosa envolve completamente o espectador), porém no final, dá uma reviravolta muito estranha, sabe? Não digo pelo sentido de ser macabro e levemente bizarro, mas por conta do inesperado salto que a história tomou. Uma amiga bem que tinha dito há algum tempo que a essência desse roteiro talvez não se tratasse exatamente sobre

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    bruxas

    e no fim das contas que ela acertou, pois a partir do momento que o
    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    espiritismo

    invade o cenário do enredo, a coisa toda muda! Logo, ele não deixa de ser bom, é um terror psicológico de primeira categoria, não convencional, daqueles que te mete medo mesmo com suas surpresas e segredos, cujo desfecho é o que mais vai dar o que falar entre o povo. Enfim, não adianta: é ame ou odeie!! Só digo uma coisa: A24, você acertou novamente, e em grande estilo, viu? Fiquei pasmo, meus amigos, e vou ficar dias pensando nele...srsrs

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eduardo Ben Lima

    Não esperava quase nada do filme no início, mas no decorrer dos eventos, ele só provou como eu estava errado. Claro, não é o melhor entretenimento pra se ver em família (o começo deixa isso bem claro), mas se levarmos em conta parte da história que o roteiro aborda sem as cenas mais desnecessárias, o longa se sobressai com certeza - principalmente no aspecto familiar, e o dilema que o personagem do Augusto enfrenta ao ver sua vida passar por altos e baixos surpreende até o coração mais forte. Vladimir Brichta é um baita ator, e a sua performance como o Bingo foi sensacional, hilária e monstruosa, daquelas que a gente reconhece o quão difícil é o trabalho dos atores pra incorporarem personagens distintos dentro da Sétima Arte...rsrs

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Eduardo Ben Lima

    Lindo filme, sensível, tocante, e com um final pra lá de emocionante. Destaque pra boa fotografia (a cena do avião é muito bem feita), bela trilha sonora (Ramin Djawadi nunca falha), e pela ótima atuação de Kate Winslet e Idris Elba! Aliás, nunca li o livro (ainda pretendo algum dia), mas apesar do ritmo dele também ser meio lento em algumas cenas, as mais fortes, intensas e envolventes com certeza estão ali presentes no enredo, reservando, na melhor das hipóteses, um desfecho convincente ao espectador. Curti demais! ❤️

    (Obs.: respondendo a pergunta do cartaz, se a minha vida dependesse de um estranho, eu sem dúvidas colocaria em prática o princípio da empatia, sabendo que além de aquela ser uma oportunidade perfeita pra encontrar o amor, não mentiria, deixaria de prestar cuidado, ou tiraria vantagem da pessoa pensando só em mim mesmo, pois só assim é que surge a confiança entre dois estranhos: quando não se faz com eles o que você não gostaria que fizessem contigo.)

    "-Eu amei você naquela montanha. Eu tentei fingir que não, mas eu amei. Cheguei em casa e estava tudo diferente. Eu tentei falar com você e foi muito doloroso, então tive que me obrigar a aceitar que talvez não fosse real, e que nunca daria certo, não na vida real. Não tem um momento certo pras essas coisas, e depois passa."

    "-Está enganada, Alex. Sobrevivemos porque nos apaixonamos.
    - É que lá só havia eu e você. O mundo é maior que isso e o coração é só um músculo, não é?
    - Que idiota diz isso?"

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filipe
    Filipe

    No momento nem posso ficar baixando muita coisa, meu HD está ficando lotado, tô tentando baixar só o essencial (mas já vi que isso não vai durar muito tempo)

  • Filipe
    Filipe

    A queda do Mega Filmes até que não tinha me afetado tanto, só vi um ou dois filmes por lá, contudo, lembro que quando meu PC era apenas um dinossaurinho que tinha que aprender a domar, assistia online com frequência numa plataforma que se multiplicava, pirata, chamada Amargeddon, e depois de um tempo você tinha que esperar uma hora para assistir os últimos quinze minutos do filme (ou reiniciar o computador, o meu demoraria mais até para religar), era bem esquisito!

  • Marcelo
    Marcelo

    Vamos nessa uhuuuuuuuuu