filmow.com/usuario/escaravelha/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > escaravelha
21 years
Usuário desde Maio de 2018
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Arenoso

    A locomotiva nesse filme re-estabelece a ordem, se mostra capaz de organizar as tensões dramáticas da narrativa, trazendo consigo a norma, a rotina do movimento preciso. Funciona na obra como a alegoria da racionalidade moderna ocidental e da iluminação lógica.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Notemos que no momento em que Lantier estrangula Flore pela primeira vez, no chão arenoso próximo aos trilhos, quem estabelece novamente a clareza psicológica e a ordem é a locomotiva. Também notamos isso quando Roubaud descobre o anel de Séverine e a violenta de maneira completamente selvagem, se desloca até sua sacada ainda muito raivoso, vê o trem partindo, e chega à uma conclusão racional: forçar Severine a escrever uma carta pra Grandmorin marcando um encontro falso. Também é válido afirmar que é justamente a paralisação da locomotiva por problemas técnicos que permite a viagem de Lantier até sua mãe, que vai desaguar no estrangulamento. Contudo, não mencionei que o principal evento do filme, que é o asssassinato, vai se dar dentro da locomotiva, assim como será abandonando-a que Lantier encontrá a morte.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arenoso

    O que eu mais achei interessante é como o Hitchcock conseguiu desenvolver um filme tão coerente com os princípios do conto literário, e é justamente isso que mais incomoda as pessoas em relação ao filme. Como o filme foi inspirado em um conto, a falta de profundidade da psicologia dos personagens, que são apresentados de maneira brusca e muitas vezes carentes de um sentido mais profundo, a passividade da narrativa, essa razoabilidade do enredo, assim como a inexistência de um desfecho final, são produtos dessa coerência com as normas do gênero literário.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arenoso

    Sabemos que John Ford sempre se inclinou ao Partido Republicano nos EUA; porém, é ingenuidade associar os traços racistas e misóginos no filme como reflexos totais do diretor. Não é exagero acreditar que o próprio John Ford era um homem reacionário do ponto de vista político, demonstrou isso em diversos grandes momentos políticos, como por exemplo a Guerra do Vietnã, onde mostrou-se a favor; mas é um exagero analisar a obra como puramente racista.

    Em ultima instância, sem falar no domínio da técnica e do conhecimento cinematográfico (que Ford executava com exelência), o filme coloca muito bem as contradições do pensamento americano, assim como, através da figura de um protagonista anti-herói, expõe uma das faces terríveis do conquistador americano.

    É importante compreender que o racismo, a misoginia, e diversos outros traços repugnantes (pelo menos para os mais conscientes), possuem um duplo sentido na obra de arte: ao mesmo tempo que PODEM refletir parcialmente a figura do autor (no caso podemos extrair esse reflexo do próprio movimento histórico/político de Ford, concebendo-o como um homem nascido no final do séc. XIX e tendo todo um histórico ligado ao conservadorismo norte-americano e suas atitudes imperialistas), também se manifesta como um comentário crítico, que estabelece relações com a realidade, assim como as contradições do mundo objetivo (lembramos que a década de 50 nos EUA é um ponto de muita turbulência política, sobretudo em relação às reinvindicações da população negra).

    Contudo, analisar a produção de Ford como progressista é um erro (por mais que seja progressista no sentido do desenvolvimento técnico); porém, analisá-la fora de contexto também se caracteriza como um. Por um lado, Rastros de Ódio é um filme extraordinário, de uma beleza e uma capacidade técnica que é vista por grande parte dos grandes diretores e diretoras como algo de extremo valor; por outro lado, é um filme que possui seus equívocos reacionários e conservadores que, na minha supérflua opinião, não está manifestada simplesmente nos comentários racistas, mas também se desenvolve numa dimensão mais profunda da obra, naquilo que está relacionado ao mais indireto e simbólico do autor.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Arenoso.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.