Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/etranger/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > etranger
18 years (BRA)
Usuário desde Outubro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

o importante é amar
madamebovaryisme.tumblr.com

Últimas opiniões enviadas

  • Lucas

    Perguntas de um Trabalhador que lê:

    Quem construiu a Tebas de sete portas?
    Nos livros estão nomes de reis:
    Arrastaram eles os blocos de pedra?

    E a Babilônia várias vezes destruída
    Quem a reconstruiu tantas vezes?

    Em que casas da Lima dourada moravam os construtores?
    Para onde foram os pedreiros, na noite em que a Muralha da China ficou pronta?

    A grande Roma está cheia de arcos do triunfo:
    Quem os ergueu?
    Sobre quem triunfaram os Césares?

    A decantada Bizâncio
    Tinha somente palácios para os seus habitantes?

    Mesmo na lendária Atlântida
    Os que se afogavam
    gritaram por seus escravos
    Na noite em que o mar a tragou?

    O jovem Alexandre conquistou a Índia.
    Sozinho?

    César bateu os gauleses.
    Não levava sequer um cozinheiro?

    Filipe da Espanha chorou,
    quando sua Armada naufragou.
    Ninguém mais chorou?

    Frederico II venceu a Guerra dos Sete Anos.
    Quem venceu além dele?
    Cada página uma vitória.
    Quem cozinhava o banquete?

    A cada dez anos um grande Homem.
    Quem pagava a conta?

    Tantas histórias.
    Tantas questões.

    -Bertolt Brecht

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Lucas

    Nunca me interessei muito pelo cinema do Hal Hartley, mas este aqui é uma verdadeira "hidden gem". É delicioso do começo ao fim ao mesmo tempo que é belíssimo quando deseja "ser sério".
    A personagem de Isabelle Huppert, por mais excêntrica e inusitada, é de uma complexidade impressionante, o que Hartley conseguiu aqui, de pegar esta ex-freira ninfomaníaca virgem e transformá-la numa poetisa em busca de um amor tão idealizado, é surpreendente. Eu até diria que o filme decai um pouco toda vez que ela sai de cena, é um dos melhores momentos da atriz.
    É engraçado também notar que este filme foi lançado exatamente no mesmo ano que Pulp Fiction, outro pastiche de filmes de ação/policial com grande verve cômica e uma femme fatale com corte chanel no centro da trama. Este com certeza foi um excelente ano para o cinema...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Lucas

    Jim Jarmusch, um dos últimos poetas do cinema estadunidense, faz mágica aqui nesta jornada de autodescoberta de um homem de meia-idade. É impressionante a alta sensibilidade do autor com o microcosmo que ele mesmo cria, uma reprodução do "mundo real" que às vezes parece flertar com o caricatural, mas nunca perde o contato com a humanidade dos personagens que retrata. É fascinante também perceber a reverência que o Jarmusch tem com as suas próprias influências artísticas, sempre inserindo homenagens veladas a estas, como Nabokov e o cinema de Wim Wenders e Yasujiro Ozu.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Bruna
    Bruna

    Assim que eu ver algo, comento contigo :3

  • Bruna
    Bruna

    "o meu avatar sou eu mesmo" Tava pedindo daqui do filmow hehe te segui no Instagram também :3

    Exatamente isso que tu disse! E até eu, acabo caindo nessa. Eu, as vezes, deixo o americano de lado e vejo um pouco do alemão e/ou francês, mas não sei porque, nunca vejo o brasileiro. Vou meter a cara!

  • Bruna
    Bruna

    Estou bem também!
    Ahhh, obrigada :3 Tu tem instagram? Me seguiu? Do que é esse seu avatar? ahuahahahuh Enquete básica.

    Adorei essa sua lista https://filmow.com/listas/101-filmes-brasileiros-obrigatorios-l14027/ vi apenas 6, vi pouca coisa brasileira. Vou tentar assistir mais!