filmow.com/usuario/fabiohermano/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > fabiohermano
22 years, João Pessoa/PB (BRA)
Usuário desde Novembro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Amor à flor da pele (Fa yeung nin wa, Kar Wai WONG, 2000)

"O encontro foi constrangedor.
Ela ficou de cabeça baixa,
esperando ele se aproximar.
Ele não veio, faltou coragem,
E ela, então, se foi."

"Aquele tempo passou
Nada do que pertenceu a ele existe mais."

"Ele se lembra dos anos passados
como se olhasse por uma janela embaçada.
O passado é uma coisa que ele vê, mas não toca.
E tudo o que ele vê é borrado e indistinto."

Últimas opiniões enviadas

  • Fábio

    Interpretação do filme

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Essa teoria é do critico de cinema americano David Chen, que pode ser vista no youtube http://www.youtube.com/watch?v=MdzlCZ69APc, mas não possui legendas em português

    Então aqui vai um resumo do vídeo

    O que é confuso é que o filme não faz muita questão de levar o espectador pela mão, nem de explicar muito o que é ou não real. E é disso que o vídeo trata, na primeira das três partes em que ele é dividido.

    Parte 1: O que é ou não real

    Sobre isso, o vídeo tem algumas teorias: para o autor, tudo que se passa durante a Inquisição Espanhola, é apenas parte do livro sendo escrito pela esposa moribunda do médico, no presente. O astronauta e o médico, por outro lado, são a mesma pessoa – separadas por um abismo de 500 anos.

    E a Árvore da Vida e toda pesquisa do médico sobre como estender uma vida por tempo indefinido seriam a explicação pela qual ele sobreviveu tanto tempo.

    O vídeo defende essa teoria, usando como base algumas coisas do filme como, por exemplo, o fato de o médico e o astronauta usarem a mesma caneta para se tatuar, sendo que a versão do futuro da caneta está totalmente depreciada, dando a entender que trata-se do mesmo objeto, séculos depois.

    Fora isso, fica a dúvida a respeito do que seria a árvore que o astronauta leva consigo no futuro. Aqui, as teorias são três, todas partindo do pressuposto de que o médico e o astronauta são a mesma pessoa: a primeira delas defende que, no presente, vemos o médico plantando uma semente no túmulo da esposa. A árvore seria essa semente.

    A segunda teoria diz que é a Árvore da Vida, vinda da América Central, que o médico vinha pesquisando.

    A terceira teoria diz que seria as duas coisas ao mesmo tempo: seria a Árvore da Vida, que o médico plantou no túmulo da esposa e passou a levar consigo, para estender a própria vida e manter a mulher mais próxima de si.

    Com isso, o vídeo passa para a:

    Parte 2: A Morte como caminho para o divino

    Segundo o vídeo, “A Fonte da Vida” nos mostra a jornada de um homem para aceitar a morte. O personagem do presente, o médico, se recusa a passar tempo com a esposa, que já aceitou o fato de que vai morrer e quer que ele faça o mesmo. O médico, no entanto, vê a morte como algo a ser curado.

    Para ajudá-lo a aceitar sua morte, a esposa pede que ele termine o livro que ela está escrevendo e vai morrer antes de conseguir terminar.

    No início do filme, vemos o astronauta sonhando com parte da história do conquistador espanhol, narrada no livro. Mais para frente, vemos o astronauta inserido nesta parte “do passado” da narrativa. O vídeo toma isso como um sinal de que o astronauta finalmente decidiu terminar o livro, significando que – séculos depois – ele conseguiu aceitar a morte parte da nossa natureza.

    Para o vídeo, isso também explica outra parte da história do conquistador espanhol que suscitou muitas dúvidas: o personagem bebe da Árvore da Vida, e morre em decorrência disso, com plantas brotando de dentro de seu corpo. Qual o significado disso?

    Levando em consideração a hipótese de que a história do espanhol faz parte de um livro que o astronauta está terminando de escrever, significa simbolicamente que o astronauta entendeu que “vida eterna” seja algo com um significado diferente do que ele imaginava.

    Vida eterna pode não significar permanecer vivo para sempre, mas abrir caminhos para outras formas de vida, numa coisa bem “Ciclo sem Fim“, mesmo. Quando plantas começam a brotar de seu corpo, o personagem se torna um ser cuja vida deu origem a novas formas de vida. Ainda que ele não tenha mais consciência, é uma forma em que um ser se torna parte de um ciclo eterno de vida.

    Créditos ao http://blogs.pop.com.br/cinema/video-fonte-da-vida-explic...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Laís
    Laís

    Concordo 100% com seu comentário em 13 Reasons Why

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Pietra Porpino
    Pietra Porpino

    QUE BOSTA TA ACONTECENDO COM TOCA DOS CINEFILOS? NÃO CONSIGO TERMINAR UM FILME LÁ