Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > fabiovr
41 years (BRA)
Usuário desde Agosto de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Fábio Costa

    Um menino enrolando-se na cortina, numa típica brincadeira infantil apresentada de forma claustrofóbica na cena de abertura, já nos dá pistas de como a fantasia e a realidade se entrelaçam, e como a imaginação propicia alívio diante da dureza da vida.
    O filme retrata de forma tão realista quanto poética o período da infância beirando a adolescência de um menino pobre, vivendo em uma cidade apodrecida, repleta de montanhas de lixo em virtude da greve.
    A atmosfera sombria e abandonada da cidade, combina com o remorso que sente o personagem, desde o incidente no canal, é justamente este episódio que volta à sua mente em diversos momentos durante todo o filme e o faz refletir sobre suas atitudes, num processo de amadurecimento e grande transformação. A forma que ele interage com os amigos, familiares, o pai alcoólatra, vai mudando com o tempo.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Apesar da dura realidade, é uma criança que sonha e tem esperanças, encontra alívio quando sai por alguns momentos da cidade suja, e atravessa FLUTUANDO os campos dourados, contrastando com o céu incrivelmente azul, em cenas lúdicas de beleza arrebatadora, que mais parecem um sonho.

    Lembrei de Kes, Lembrei de Gummo, lembrei de Dorota Kedzierzawska, lembrei de quando eu era criança.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Fábio Costa

    Preservou a alta qualidade dos primeiros filmes, o único senão fica por conta do ator que interpreta o amigo Helge Ombo, que nesta versão teen nem de longe tem o carisma do ator dos filmes anteriores, mas como este personagem n tem tanto destaque desta vez, n comprometeu tanto a obra.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Fábio Costa

    Mostra uma mulher de alma livre que sempre desfrutou da liberdade, e sempre pagou o preço por isso naturalmente, com leveza, no alto dos anos vividos se sente livre para experimentar mudar de vida, mas suportar o peso da mudança não é fácil, como aprisionar uma alma livre?? A beleza e a poesia das cenas finais me fizeram até aumentar a nota.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.