filmow.com/usuario/freedoom/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > freedoom
23 years, Curitiba - PR (BRA)
Usuário desde Fevereiro de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Maranhense, morando em Curitiba-PR, estudando Cinema e Fotografia.

Últimas opiniões enviadas

  • Frederico

    Pra mim fica claro com este documentário que o Lula lá de 2002 era outro que o que vemos hoje em 2017. Neste documentário vemos o Lula idealista que acabou carregando consigo uma infinidade de abutres do poder público. Antonio Palocci, José Dirceu, Aloísio Mercandante. Todos com tudo o que precisavam para o poder, menos uma única e essencial característica: O Carisma. O Lula sindicalista jamais seria o Lula presidente pelo simples fato de entrar na roda da política brasileira, esta corrompida estruturalmente. Ninguém acreditava, nem mesmo Lula, no que a ascensão de um partido operário se tornaria. Pra se perceber como a roda política gira, fica claro uma diferença entre o primeiro e segundo mandato do presidente. Pra perpetuação do poder, as alianças e os pactos de sangue começam a ser selados e fatalmente vistas grossas começam a serem feitas. Em 2018, o Lula condenado perde força (apesar de dominar as intenções de voto), a saída da social esquerda parece ser Ciro Gomes que neste documentário aparece apoiando a campanha de Lula. Não vejo outra opção se Lula se tornar inelegível, nos restará Ciro a ascender o facismo de um analfabeto histórico-politico como o Bolsonaro. O risco é que apoiado na eleição de Trump estes indivíduos ganhem força nos seus discursos políticos enquanto a esquerda se divide.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Frederico

    Tem uma pegada teatral dos filmes do Glauber, mas com um humor suspeito e datadíssimo, um protagonista deveras antipático e ruminante. É um ode a malemolencia. Salvo poucos momentos de alguma reflexão crítica o resto do filme é um aborrecimento teatral psicodélico. Uma obra que chama atenção pela estética, mas que pra mim falha estruturalmente e aborrece. Está em décimo lugar na lista dos 100 melhores filmes brasileiros segundo a Abraccine. Concordo em estar nesta lista, porém esta posição não lhe é justa. Tem pelo menos duas dezenas de filmes melhores e mais importantes em posições inferiores. Em termos gerais, não recomendo. Não li o livro, mas provavelmente o livro deve ser bem melhor do que essa adaptação medonha. Faltou estrutura narrativa.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Frederico

    Engraçado é pensar neste documentário em 2017. Nada mudou. "Nunca vai ter fim". Apenas mais e mais enterros. Tudo graças a uma politica errônea de repressão as drogas, o capitalismo desenfreado e a falta de visão social dos governos. Mas tudo bem, enquanto a violência ficar na favela, tudo bem... Ai é que tá... 2017 e a violência desceu o morro. Hora de repensar a criminalização das drogas, hora de parar de enterrar nossos mortos.

    Obs: Quanto ao documentário em si, bem executado, porém um pouco curtinho.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Francielle de Carvalho
    Francielle de Carvalho

    Olá a você também :)

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Andreia Al.
    Andreia Al.

    Entendo sim! :) fique a vontade.