filmow.com/usuario/gustavomenezes1257/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > gustavomenezes1257
25 years (BRA)
Usuário desde Julho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Escrevo em naosaoasimagens.wordpress.com
Dirigi o curta-metragem O Homem que Não Cabia em Brasília.
twitter: @gustavo_menezes

Últimas opiniões enviadas

  • Gustavo

    Uma moça de 22 anos escreveu, dirigiu e montou esse filme deliciosamente libertário em pleno governo Médici. Imagino como ele deve ter perturbado os censores da ditadura, que o mantiveram fora de circulação até 1980. O escândalo só não foi ainda maior porque uma tragédia do destino impediu que ele fosse protagonizado por Leila Diniz.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Gustavo

    Falado:
    Olha só quanto papel
    E quanto chumbo tem aqui!
    Dá pra escrever tanta coisa com isso...

    Cantado:
    Eu vou mostrar para a moçada como fazer
    Aquele monte de jornal
    Que você vai ler
    Eu vou mostrar para a moçada como fabricar
    Um jornalzinho muito bom para se informar
    Primeira coisa é as notícias balançar
    Que o repórter vai pra rua pesquisar
    Você vai ver
    Fazendo tudo com carinho vai acontecer
    E com cuidado o título e o corpo são digitados
    E as matérias já vão sendo revisadas
    Pra na oficina já irem sendo enfileiradas
    Você vai ver
    Agora a fôrma do jornal vai aparecer
    E você vai ver
    Fazendo tudo com carinho vai acontecer
    E a matriz naquela prensa vai ficar
    E a tituleira e o linotipo vão montar
    Você vai ver
    Fazendo tudo com carinho vai aparecer
    E você vai ver
    Que o jornal já está ficando como se vai ler

    Falado:
    Olha aí
    Agora é só ir pra rua
    Distribuir, vender
    E depois a melhor coisa:
    Ler.
    Coitado do Frank Sinatra Júnior...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Gustavo

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Pelo direito de viver velho.

    Este é um dos poucos filmes que me lembro de ter visto em que o protagonista é um idoso que tem problemas e tem doenças de idoso, mas não morre no final. Bené atravessa esse pedaço da velhice apresentado pelo filme sofrendo e lidando com suas doenças como pode, e termina o filme alegremente, botando o pé na estrada mais uma vez.

    A música-tema das viagens de ônibus é o Baião Atemporal de Gil e Caetano, uma música que conta a história de quando Tom Zé saiu do interior da Bahia e foi encontrar eles lá em São Paulo, o que deu início à Tropicália.

    Bené, da mesma geração de Tom Zé, sai em viagem pela Bahia levando a velhice e tudo que vem com ela nas costas, e disposto a enfrentar o mundo com tudo o que ele tem guardado, sem lenço e sem documento.

    Por que não?

    Por que não?

    Por que não?

    [spoiler][/spoiler]

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Gabriel
    Gabriel

    massa! valeu, gustavo!

  • Gabriel
    Gabriel

    Oi, Gustavo!
    Onde voce viu o Cossacos de Kuban, do Ivan Pyryev?
    Só encontrei sem legenda

  • Isabela França
    Isabela França

    Obrigada!!!