filmow.com/usuario/hrmarques/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > hrmarques
25 years, São Paulo (BRA)
Usuário desde Novembro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Henrique

    Eu preciso parar de ficar reassistindo clássicos, porque a maioria dele perde muitos pontos comigo na revisão.
    Ainda continuo achando o final um dos momentos mais poderosos do cinema, fico todo Summer Finn vendo, mas dessa vez fiquei bem incomodado com todo o machismo desnecessário do discurso (discurso, entendam, não disse nada sobre o conteúdo).
    E eu acho mó daora que mó galera do "aaaaaa mas os tempos hoje tão muito líquidos, bauman que tava certo, as relações são muito frágeis, ninguém quer nada com nada, a incrível geração que só quer ficar de bobeira o dia todo e depois de formada não sabe o que fazer" venera esse filme???? Tipo... ué. hahaha
    Em algum momento da história a gente passou a acreditar que os baby boomer era tudo beatnik, zabriskie point, revolucionário, contra guerra do vietnã e a porra toda, mas esse filme talvez seja um dos marcadores sociais que melhor definem a geração que adora encher o saco dos millennials. Pra quem achava que 68 trouxe só revoluções...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Henrique

    O primeiro episódio foi bem interessante, apesar de alguns pontos que me incomodam, estabelecendo uma boa estrutura melodramática e com uns momentos bem bonitinhos. Mas nessa segunda metade desandou demais. Eu até entendo a tentação constante em histórias gays de se falar sobre um suposto "vício" em sexo casual, aplicativos de pegação, e etc como um reflexo da homofobia internalizada e falta de aceitação, mas é bem problemático isso da solução sempre ser o assimilacionismo. Pra uma série feita como parte da celebração de um marco da liberação gay (50 anos que a homossexualidade deixou de ser crime no Reino Unido), o resultado acaba sendo extremamente moralista. Muito kinky e slut shamming sem necessidade. Achei que ia ser uma das grandes surpresas do ano, mas acabou só sendo mais uma decepção mesmo.
    PS: porém achei massa o nome do casar ser "Adam e Steve" rs

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Adson
    Adson

    tudo bom, Henrique?
    onde tu conseguiu ver o Rock Hudson's Home Movies?

  • Marcos Vinícius
    Marcos Vinícius

    Olarr

    Onde assistir All These Sleepness Nights? Não encontro em lugar nenhum nessa terra!

  • Renato Oliveira
    Renato Oliveira

    Oi Henrique! Estava olhando a tua lista de filmes. Na procura por algumas referências de filmes LGBT, vi que tem títulos bem interessantes aqui, a maioria totalmente novos pra mim. Pretendo ver logo Taxi zum Klo (1980).