Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > itonaga
31 years São Paulo - (BRA)
Usuário desde Novembro de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

music, scene, action!
__________________________________________

Cría Cuervos -- https://goo.gl/GAFyWD
RAW -- https://goo.gl/jBu1RJ
La La Land -- https://goo.gl/dz1FZ7
Les Misérables -- https://goo.gl/Mni8J9
Whiplash -- https://goo.gl/8Vb8mf
Taxi Driver -- https://goo.gl/pJyMV8
Bande à part -- https://goo.gl/fMU8fw
Intouchables -- https://goo.gl/1n9jr9
Les Amours Imaginaires -- https://goo.gl/pHY4fJ
Modern Times -- https://goo.gl/Xza7b6
In the Mood for Love -- https://goo.gl/Tn9Qv8
A Girl Walks Home Alone at Night -- https://goo.gl/oTvncU
Eyes Wide Shut -- https://goo.gl/tMpKun
Pulp Fiction -- https://goo.gl/Jix4Ti
The Breakfast Club -- https://goo.gl/en5qXb
Close-up -- https://goo.gl/7adEiE
Ghost World -- https://goo.gl/Hqkz6G
Beetlejuice -- https://goo.gl/FjR977
Kárhozat -- https://goo.gl/R32e6N
Control -- https://goo.gl/nkxt2y
Singing In The Rain -- https://goo.gl/gojdrN

Últimas opiniões enviadas

  • Danilo Itonaga

    Engraçado né, como um documentário de 16 anos é tão atual, ainda mais nessa polarização que vivemos no Brasil de extrema-direita...

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    - Se pudesse falar diretamente com os alunos de Columbine... ou com a comunidade,
    o que você diria a eles?
    - Eu não diria nada a eles. Ouviria o que eles têm a dizer.
    - Foi isso que ninguém fez.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Danilo Itonaga

    A essência do filme deve estar nesse diálogo, Tia Miranda rouba a cena:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    - Eu queria poder compartilhar com você a total alegria que sinto ao passar três horas,
    numa tarde de sábado, lendo Emerson, Melville ou Virginia Woolf.
    - Ou discutindo T. S. Elliot, ou James Baldwin com um amigo até amanhecer.
    - A satisfação que sinto ao ir à igreja, ao ler teologia, ao ler ciência... ao orar.
    - Mas não posso.
    - Por que eu sou eu e você é você.
    - Você nunca vai entender o nível de satisfação que essas coisas me trazem.
    - É impossível.
    - Eu sei.
    - E eu entendo, está procurando sua própria alegria.
    - Está engajada em suas coisas, e isso é bom.
    - É como deve ser, e é algo lindo.
    - Mas me escute.
    - Não é uma desvantagem ter uma coisa e não outra.
    - Ser de um jeito e não de outro.
    - Somos de diferentes formas e jeitos, e nossa felicidade é única.
    - Não tem como comparar.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Danilo Itonaga.