filmow.com/usuario/izumi/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > izumi
(BRA)
Usuária desde Junho de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

"A melhor fantasia é escrita no idioma dos sonhos. Está tão viva quanto os sonhos, é mais real que a realidade… Por apenas um instante… Aquele longo momento mágico antes de acordarmos.
A fantasia é de prata e escarlate, índigo e azul, de obsidiana com veios de ouro e lápis-lazúli. A realidade é compensado e plástico, feita em barro marrom e verde oliva. Fantasia tem gosto de habaneros e mel, canela e cravo, carne vermelha rara e vinhos doces como o verão. A realidade é feijão e tofu, com gosto de cinzas no final. A realidade é os shoppings de Burbank, as chaminés de Cleveland, uma garagem em Newark. A fantasia é as torres de Minas Tirith, as pedras antigas de Gormenghast, os salões de Camelot. A fantasia voa nas asas de Ícaro, a realidade na Southwest Airlines. Por que nossos sonhos se tornam muito menores quando eles finalmente se tornam realidade?
Lemos fantasia para encontrar as cores novamente, eu acho. Para provar especiarias fortes e ouvir as canções que as sereias cantavam. Há algo velho e verdadeiro na fantasia que fala com algo profundo dentro de nós, com a criança que sonhava que um dia iria caçar nas florestas da noite, e festejar sob as colinas ocas, e encontrar um amor que dure para sempre em algum lugar ao sul de Oz e ao norte de Shangri-La.
Eles podem ficar com o paraíso deles se quiserem. Quando eu morrer, prefiro ir a Terra-Média." (G.R.R. Martin)

Últimas opiniões enviadas

  • Izumi

    Bom filme, mas podia ter sido excelente. O filme estava muito bom, até chegar a hora em que a Elise foi pro outro lado. Esperava outra coisa por trás da porta, algo mais abissal e assustador, e não

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    várias celinhas de prisão. A própria representação da criatura estava ótima até chegar essa parte. Nesse momento do filme, parece que foi tudo feito de qualquer maneira, e aí você vê a falta que faz uma boa história por trás. Faltou história, então acabamos caindo numa pura ação tosca. A Elise reencontrando o pai e podendo se vingar (?), e quando a criatura estava pra acabar com Elise ela assopra o apito e a mãe aparece (????), joga uma luz mequetrefe e a criatura sai voando (????). Sério, que parada nada a ver. Primeiro porque a criatura parecia ser muuuuito poderosa, então porque o espírito da mãe (que foi morto inclusive pela criatura) teria poder sobre ela? Eu esperava algo totalmente diferente, esperava entender mais daquele bicho e o simbolismo das chaves (que eu achei incrível), esperava que fôssemos acabar descobrindo alguma coisa, mas não, tudo se desenrolou da forma mais fácil, por meio de a série de ações sem muito sentido.

    Agora a cena mais tosca de todas foi aquele BONECO que apareceu na janela na casa do Dalton. Sério, o que foi aquilo???

    Enfim, acho que o filme pecou por não terem tido paciência pra elaborar e pensar em algo mais bacana, quando chegou nesse clímax. Mas, até aquele momento, estava tudo muito bom, o terror estava funcionando e curti as partes de comédia também (pessoal, não sei se deu pra reparar, mas a "piada" "She is psychc and we are side kicks" NÃO era pra ser engraçada mesmo!!! Hahaha pô, gente reclamando que não foi engraçado. Não deu pra sacar que a ideia era justamente mostrar o cara sem graça tentando fazer algum efeito?

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Izumi

    O que eu mais gostei no filme reside naquilo em que muitos estão criticando: o fato dele abandonar os filmes anteriores - alguns colocam de forma mais dramática: "destruição do legado". Eu sou fã da saga Star Wars, mas não acho que as mesmas fórmulas e estruturas tenham que se repetir eternamente. A história de Luke Skywalker já passou. Ele já enfrentou as batalhas que tinha que enfrentar. Os jedis continuarão, mas não com Luke, ainda que ele tenha sido essencial para isso. Confesso que era esse meu temor: vi que em O Despertar da Força (que eu achei sensacional) tínhamos ainda aquele velho conflito familiar, mas agora de Kylo Ren com seu pai. E o grande mistério de saber quem eram os pais da Rey (não me surpreende que Rogue One tenha tido exatamente o MESMO conflito: a garota que cresceu longe do pai etc.). Pensei: ficaremos para sempre enclausurados nisso? Os Últimos Jedis deu a resposta. Espero que realmente sigam por esse caminho.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Izumi

    Muuuuuito boa! A primeira coisa que chama atenção é a trilha sonora, que é sensacional, encaixa perfeitamente com o clima da série. No início ficamos meio perdidos por conta de tantos personagens em tempos distintos, mas com o tempo vamos nos acostumando e embarcamos. A temporada nos deixou com várias coisas em aberto; mal posso esperar para a segunda!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Fernando
    Fernando

    Seus comentários são show, principalmente tratando sobre animações, uma paixão particular que tenho muito o que assistir ainda. Obrigado por me aceitar, com certeza encontrarei boas indicações de filmes no seu perfil.

  • Adrian Dismay
    Adrian Dismay

    MEU DEUS UMA CITAÇÃO A PSYCHO PASS.

    ganhou um fã