filmow.com/usuario/jorgecruz1986/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > jorgecruz1986
30 years, Rio de Janeiro (BRA)
Usuário desde Dezembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Jorge Cruz Jr.

    Exemplo difícil de um filme realmente inteligente. Criando uma metáfora em cima de uma coisa banal, qual seja, a mudança no visual com a retirada de um bigode, o roteiro passeia por questões comportamentais profundas. Quem nunca acreditou estar fazendo o certo e ver que todas as pessoas a sua volta pensavam de maneira diferente? Quem nunca acreditou que uma mudança traria benefícios e viu que toda mudança deve acontecer naturalmente para que seja eficiente? Filme para assistir despretensiosamente e achar seu próprio entendimento.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Jorge Cruz Jr.

    O espectador já sabe tudo o que vai acontecer em Busca Implacável, filme produzido pelo 'workaholic' Luc Besson. 'Prevensor' do governo americano abdica de sua família para servir o país. Anos depois, viciado em segurança, reluta em ver sua filha de dezessete anos viajar para a Europa. O que acontece? Ela é sequestrada por uma máfia que trafica e comercializa mulheres, em especial as turistas que chegam à Paris. O roteiro é enxuto, não se perde num prólogo desnecessário, fazendo de Busca Implacável um 'thriller' de alto nível, protagonizado pelo incontestável Liam Nesson. Todos os elementos estão lá: o falso amigo que dá a pista errada, as saídas marotas de situações difíceis, a pancadaria e uma perseguição de carro no fim. Sem esquecer da torturinha básica do homem que passa por tudo para resgatar a filha. O final do filme? Você já sabe bem qual é.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Jorge Cruz Jr.

    Bolt é a animação que a Disney lançou no final do ano nos Estados Unidos e, como tem acontecido com filmes não produzidos pela Pixar, deixou a desejar nas bilheterias. O longa conta a história de um cachorro que é astro de um programa de televisão onde ele possui superpoderes como superforça, supervelocidade e, o principal, o superlatido (ai, esses filmes de cachorro).

    Eu não sou muito fã de cão, mas devo admitir que Bolt é até bonitinho, um dos mais engraçados que já vi (talvez porque ele não seja de verdade). Enfim, Bolt (dublado por John Travolta) não sabe que tudo o que ele passa durante o dia é ficção, já que tomam cuidado para não repetir cenas, nem ensaiar ou deixar o animal ver as câmeras. Sua colega de trabalho é uma garotinha (dublada por Miley Cyrus) que não tem muito vontade própria e não consegue conviver com o cachorro fora das gravações. Interessante ver a maneira como o empresário e os produtores do programa se comportam perante a menina. Podemos fazer até um paralelo com a vida da própria atriz na vida real, que desde criança estrela um programa de TV (Hannah Montana, caso você tenha acabado de voltar de outro planeta) e tem que se sujeitar às exigências da própria Disney.

    Acho que isso nem se passou na cabeça da Miley Cyrus (que compôs a canção do filme e a interpreta muito bem). Voltando à trama, Bolt continua interpretando seu personagem mesmo fora das câmeras e à noite fica trancado no camarim sem contato com a realidade. A confusão começa quando ele sai do camarim e vai parar no mundo real, onde não tem superpoderes e todos tratam ele como uma bicho qualquer. Ao cair numa caixa e ser levado de caminhão de Hollywood até Nova York, Bolt conhece a gata Mittens, responsável por dar ao cão um choque de realidade (em parte porque ela já foi abandonada uma vez, o que explica o tom exageradamente pessimista e amargurado). Ao ver o filme dá para imaginar o cachorro como uma criança que, ao crescer, tem que lidar com a realidade.

    Quem nunca pensou que a vida adulta seria melhor e mais divertida do que ela realmente é? E Bolt aos poucos vai entendendo que não é aquele ser especial, que iria salvar o mundo do "homem dos olhos verdes". A Disney apostou muito na ação nesse filme, que usa várias vezes cenas no estilo Matrix, bem manjadas atualmente. Mas por vezes ela se aproxima bastante da animação tradicional (e agora em 2009 ela volta àquele modo clássico de roteiro / storyboards / lápis e papel, com um filme de Princesa - que ela também não fazia há anos). Um exemplo disso é o tamanho dos olhos dos personagens, desproporcionais, como nos animes.

    De resto é aquele previsibilidade de sempre, personagens engraçados (Rhino e os pombos), Bolt aprendendo a ser cachorro (no sentido animal) e aquelas mensagens de amizade e a famosa "acredite em você mesmo".

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Ariane
    Ariane

    Atualiza seu Filmow, por favor.

  • Filmow
    Filmow

    Pessoal…

    O Oscar 2012 está chegando, e nós do Filmow resolvemos fazer um bolão para vocês usuários. E é claro que o vencedor não irá sair de mãos abanando, iremos dar um iPad 2 para o primeiro colocado.

    Então não perca essa chance, é só entrar na pagina do bolão, fazer o seu cadastro e já começar a dar os seus palpites.

    http://filmow.com/bolao-do-oscar/

    Participe e boa sorte.