Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > lamb
19 years, RS (BRA)
Usuário desde Julho de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Hipster de merdinha

Últimas opiniões enviadas

  • Felipe Alves

    Acho que o único outro filme que me fez pensar minha posição como telespectador de maneira semelhante foi Dogville.
    Funny Games é tão subversivo (e genial) quanto.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Felipe Alves

    Tenho sentimentos conflitantes. Quando pequeno eu amava, depois de rever achei dos piores, e agora revendo outra vez (após ler o livro) achei bastante decente como adaptação.

    Se perdeu muito de uma trama incrível e bem mais complexa sobre o Bartô Crouch Jr., que eu acho fantástica, além de o filme ter alguns aspectos bem estranhos (Daniel Radcliffe teve provavelmente sua pior atuação como Harry, e o Dumbledore passou o filme inteiro cheirando cola). Gostaria de ter visto mais do Cedrico e do Krum, do Snuffles, Dobby e Winky, das inseguranças do Harry e do Rony, dele treinando para as tarefas... mas aí já são problemas de tempo para adaptar.
    Apesar dos cortes de algumas tramas, eu achei que o roteiro fez um trabalho bastante satisfatório para adaptar tudo de fundamental sobre o livro dentro de um longa: o Torneio Tribuxo e o Renascimento do Voldemort.
    Brendan Gleeson e principalmente Ralph Fiennes deram um show à parte, Fiennes rouba o clímax do filme e incorpora um dos vilões mais memoráveis da história.

    Remember Cedric Diggory.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Felipe Alves

    Era meu filme favorito da saga e agora revi após ler o livro. Eu sempre tive, por algum motivo, a impressão de que esse era o mais fiel, mas tava bem enganado.

    Em alguns pontos, o filme acabou ficando inevitavelmente bastante corrido, em outros eu acho que é até mesmo superior ao próprio livro. Esteticamente e no quesito direção esse é disparado o melhor da saga, é visível o cuidado extremo da primeira cena até o final dos créditos, até mesmo com o menor dos detalhes (Newt no Mapa dos Marotos!). Cuáron deu vida a Hogwarts, que já era bela nos filmes anteriores, de uma forma ainda mais mágica.

    Mas foi também, nesse filme, que se passou a sofrer pelo tempo para contar a história. Várias informações foram omitidas

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Toda aquela parte do Encontro na Casa dos Gritos podia ter revelado muito mais do que se revelou: o passado dos Marotos e Lilly, a relação com o Snape e a peça que o Sirius pregou nele, o fato deles todos terem virado animagos pelo Lupin, como Sirius fugiu de Azkaban e como encontrou o Pettigrew, o que exatamente aconteceu 12 anos atrás, o porquê do Patrono do Harry ser um Cervo, e o mais importante QUEM ERAM ALUADO, RABICHO, ALMOFADINHAS E PONTAS. Eu não consigo acreditar que eles não tenham deixado claro para o Harry isso e o quanto valorizavam a amizade com o pai dele.

    Alguns cortes eu até compreendo:
    - O conflito Rony x Hermione por causa do Rabicho e do Bichano foi quase completamente cortado do filme, na verdade a aproximação deles é oposta a isso;
    - Por mais que eu gostaria de ver muito mais de Hogsmeade entendo também que não havia tempo;
    - O desespero da Hermione por ter pegado tantas disciplinas;
    - Os ataques e investidas do Sirius à Hogwarts que deixavam ele muito mais suspeito;
    - Todo o plot do Bicuço é muito mais resumido no filme, o que não acho que afete em nada;
    - Mas o que mais me doeu foi terem tido que cortar a Grifinória ganhando a Taça de Quadribol depois de anos (No último ano do Olívio!).

    O filme porém se adaptou bem aos cortes, o roteiro é sólido apesar de em vários momentos apelar para a compreensão dos espectadores de fatos que nem ele mesmo explica muito bem. A passagem de tempo acaba um pouco prejudicada (e mesmo assim Cuáron faz questão de mostrar frames do Salgueiro em diferentes estações, tamanho o cuidado para evitar isso) e o grande problema, que é a forma corrida que a maioria dos acontecimentos passa, acabou dando um bom tempo para o clímax do filme, que é sensacional. David Thewlis e Gary Oldman personificaram com perfeição meus dois personagens favoritos, Remo Lupin e Sirius Black, e apesar de todos os cortes que acrescentariam e MUITO na história daqueles 4, eles entregaram toda a carga dramática das vidas despedaçadas dos Marotos. ("I did my waiting... 12 years of it... In Azkaban!" é para mim uma das cenas mais emblemáticas da franquia)

    Além da explicação sobre os Marotos ao Harry, outra coisa que eu não compreendo o corte era a simples menção a situação do Fiel do Segredo de seus pais. Seria muito simples e rápido de se explicar e acrescentaria MUITO a um personagem tão complexo como o Sirius, que se culpa pelas mortes do Tiago e da Lílian a 12 anos. O filme também ameniza e muito o personagem do Snape, ele mostra um lado muito mais desequilibrado e descontrolado nos livros (E por essas e outras que não compreendo a idolatração à ele no final, Albus Remus Potter sim seria um nome justo a se dar). Especialmente em relação a Mione, ele tem atitudes muito duvidosas e até mesmo abusivas, que não chegaram ao filme.

    Por fim, aquilo que o filme melhorou em relação aos livros, a situação do Vira-Tempo:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Eu gostei da forma indireta que eles afetam os acontecimentos, no livro eu fiquei com a impressão de que tudo tinha acontecido sem eles estarem lá da primeira vez, o que não fazia sentido com o Harry se vendo na outra margem do lago. Eu notei que algumas pessoas compreenderam mal, mas o Bicuço nunca realmente morreu no filme, da pra ver o Albus voltando para dentro para beber algo com o Hagrid e o que o trio vê é o Carrasco cortando uma abóbora. O filme amarrou bem todas as partes da viagem no tempo, eles atirando a pedra na janela, a Mione pisando no galho e uivando, e finalmente o Harry conjurando o Patrono para salvar a ele mesmo e o seu padrinho. Eu posso estar enganado, mas não lembro do livro deixar claro o que aconteceu e se os eus-futuros do Harry e da Mione já tinham salvado o Bicuço (Como o filme mostra na cena do Carrasco cortando a abóbora em dois ângulos diferentes, deixando claro que eles já tinham alterado aquilo e o tempo é um loop fechado).

    Enfim, eu nem sei exatamente o que pensar sobre o Prisoneiro de Azkaban agora, mas ele certamente ainda tem um grande valor nostálgico para mim, Hogsmeade, as aulas do professor Lupin com o bicho-papão, o coral do professor Flitwick, o voo do Harry no hipogrifo, Sirius Black... o roteiro em alguns momentos pode ter se enrolado um pouco, mas tem os ingredientes suficientes para continuar memorável.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/