filmow.com/usuario/leonardorichajoly/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > leonardorichajoly
21 years Curitiba - (BRA)
Usuário desde Novembro de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Leonardo RCJ

    Uma das melhores adaptações de Stephen King dos últimos anos. Excelente tanto em questão de atuações (com destaque para a atuação excelente de Thomas Jane) e a fotografia é excelente (começando com o cenário com cores mais saturadas até com cores frias para representar a angústia e solidão dos personagens), além de que os cenários são incríveis.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Na minha opinião, o tema principal do filme é a ganância. Todos os personagens, com exceção de poucos secundários, são gananciosos e agiam conforme a sua vontade. Entre os personagens principais podemos exemplificar:
    A Arlette não era uma pessoa gananciosa, pois até queria fazer um acordo com Wilfred, apesar dos advogados garantirem que a terra era dela (e portanto não teria que dar um "centavo" para o marido). Porém, ela se encaixa no segundo perfil: agir conforme a sua vontade. Ela queria ir para a cidade e abrir uma boutique, e mesmo o filho e o marido não querendo sair da fazenda, ela estava determinada em vender a fazenda e fazer a SUA vontade (pois era a única que queria sair de lá).
    Wilfred, insatisfeito com a separação e com a possível venda da fazenda, convence seu filho Harry (Hank) a ajudá-lo matar a esposa e ficar com os hectares. Com essa ação, ocorre uma transformação: tornam-se pessoas que não conseguem mais viver tranquilamente (como viviam antigamente). Na minha opinião, Wilfred fica louco - perde uma mão por uma acidente com um rato, vende a tão desejada fazenda e, como o mundo gira, é obrigado a viver na cidade que tanto detestava, além de se matar no final.
    Harry agiu de forma gananciosa duas vezes na trama: quando mata a própria mãe e quando rouba junto com Shannon. A vizinha Shannon engravida do menino e os dois partem para tentar a sorte, pois o pai da menina iria mandá-la para uma espécie de convento e a obrigaria a doar sua criança. Quando ele e a menina tentam roubar mais uma pessoa, ela é baleada. A menina infelizmente morre e o menino sem qualquer estrutura familiar se mata ao lado de sua jovem namorada.
    Harlan, o pai de Shannon, também agiu de forma gananciosa, pois sabia que a família de Harry era pobre portanto não queria que a sua filha se casasse com o menino. Ou seja, teoricamente falando, ele foi pivô da morte da filha e de Harry.
    É óbvio que outros sentimentos como culpa e loucura estão presente na obra, principalmente com o "aparecimento" dos ratos. A minha opinião é que os ratos representam o peso na consciência de Wilfred, já que a sua ganância fez com que ele matasse a sua mulher e perdesse seu filho (que foi comido depois de morto por ratos). Além disso, a casa pode também ser vista como alegoria para a família - no começo da trama, ela parecia grande e radiante com cores vivas. Com o passar da trama, a casa vai tornando-se fria e isolada (tem uma cena em que mostra a pequena casinha para o tamanho daqueles hectares, o que demonstra um sentimento de solidão que estava em todos os personagens da família), ademais a casa vai ruindo (bem como o relacionamento dos membros) com infiltrações, problemas de encanamento e infestações de ratos.
    O milharal também tem um grande significado, pois, no começo, parece "controlado" e com o passar do filme, para que ele vai "engoli-los". Por esses motivos, a fotografia do filme é excelente. Já que o cenário consegue dizer exatamente como os personagens estão se sentindo.
    Certamente, o filme também tem pontos negativos. Não há uma exploração mais aprofundada da relação de Harry-Shannon, por exemplo. Além de que o personagem Harry não consegue transmitir seus pensamentos e emoções tão bem como seu pai. Outro ponto "negativo" é que o filme não pode ser descrito como um terror sobrenatural, porém mais como um drama-suspense - diferente de outros clássicos de King, em que o terror está mais "impregnado" -, apesar de ter um tom "sombrio".

    Aos que não assistiram, recomendo fortemente que assistiam a película e reflitam sobre ela.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Leonardo RCJ.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.