filmow.com/usuario/lucashakime/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > lucashakime
24 years Ribeirão Preto - (BRA)
Usuário desde Dezembro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Lucas Hákime

    Já faz muito tempo que estava para assistir ao filme e fiquei enrolando. Assisti e me surpreendi.

    Toda a delicadeza técnica feita por telas de aparelhos digitais que simulam a realidade dos usuários com uma trama interessante e instigante é, de fato, arriscada. O risco valeu a pena pois o filme é de ótima qualidade.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Lucas Hákime

    Esse filme é um exemplo de que o marketing é maior que o filme propriamente dito.

    Não sou o tipo de espectador que prefere ver somente 2h de porradaria sem estória. Isso não faz o menor sentido. Com 30 minutos de cena já se tornaria cansativo e não daria pra chamar de filme.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Acontece que perderam muito tempo investindo na tal Energy Source - este que poderia ter sido abordado em outro filme e de maneira menos exagerada - e deixou de focar em uma trama mais redondinha e bem feita. O nome do filme engana. Os personagens-título só brigam duas vezes e ambas as cenas duram pouco. Apesar dos incríveis efeitos especiais, o filme se perde com acontecimentos desnecessários e não foca no verdadeiro vilão do filme que é o MechaGodzilla. A cena final, também curta, poderia ter sido resolvida tanto pelo Godzilla quanto pelo Kong. Godzilla só apanha do robozão.

    Aliás, Godzilla é tratado quase como um vilão, um cara que só quer destruir tudo e pronto. Tiraram parte do seu protagonismo, entregando quase tudo para o Kong.

    De qualquer forma é um filme que dá pra se divertir e passar o tempo, mas não ultrapassa o sucesso do marketing.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Lucas Hákime

    "Zack Snyder reeduca os fãs com versão mais séria e respeita o que lhes é por direito"

    Respeito. Se existe uma única palavra para resumir Liga da Justiça de Snyder é essa.

    Depois do fracasso dirigido por Joss Whedon - este que deveria ser deletado do Universo - Zack traz de volta o que os fãs sempre sonharam: seriedade, qualidade e respeito aos personagens, com direito a cenas convenientes e marcantes.

    Ainda que tal versão não tenha sido milagrosa dado a qualidade fraca do roteiro, Snyder se esforça e entrega cenas de qualidade e honra os personagens, principalmente Cyborg, até então considerado desinteressante por muitos.

    Excessivamente longo, Liga da Justiça de Zack Snyder tem tudo que a versão anterior de 2017 não tem: compromisso para com os fãs, respeito e dedicação de um diretor querido por muitos e odiado por outros.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.