filmow.com/usuario/marcolima/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > marcolima
43 years, São Paulo (BRA)
Usuário desde Fevereiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Marco

    Suprema obra prima do Cinema Japonês, certamente não ha como ficar indiferente depois de assisti-lo. É puro lirismo poético. A carga de tristeza desse filme parece ter ultrapassado o limite do que o ser humano pode suportar. É possível até ignorar suas imperfeições técnicas e se deixar levar como um hipnotizado pela trágica história de família numa época de um Japão cruel, escravagista e sem leis. O desfecho é de cair lágrima incontida e o fato da música ganhar um papel fundamental na narrativa já bastaria para colocar esse filme como um dos seus favoritos de todos os tempos.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marco

    Filme para ver e rever infinitas vezes. Considero talvez um dos melhores filmes americanos dos últimos anos. Trás reflexões familiares importantes como a cobiça, ganancia, inveja, a loucura e a avareza. Tem dose de humor negro, a exemplo do que o diretor fez no bom filmes "Os descendentes", mas esse é infinitamente superior e o fato de ser em preto e branco dá toda uma característica singular. Não há nada muito filosoficamente profundo. Narrativa simples e direta e diálogos curtos, boa trilha e excelente fotografia além de expor como poucos filmes americanos o ser humano como ele é com suas imperfeições e defeitos. Não espere grandes surpresas. É um filme para se deixar levar que aos poucos ele te ganha. Vale por seus atores excelentes e fotografia impecável claro, mas acima de tudo, assim como tantos filmes Cult, é um filme que você não vai querer ver apenas uma vez na vida.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marco

    Poucos são os artistas que souberam explorar o tema "O Sagrado e o profano" como William Blake, e que tiveram o cuidado de mostrar que ambos os lados não podem ser colocado sob uma perspectiva de dualidade. Nesse sentido dá para entender nesse filme como Luis Buñuel não se afasta por completo em estética do seu amigo Salvador Dali. É nesse caminho que o filme vai: Aceitando que o ser humano não é bom nem mal. Ele só carrega os dois lados em diferentes medidas. O filme é uma pintura, abre espaço para a imaginação e tem reflexão. Só por isso, é um grande filme independente de você gostar ou não da estética dos artistas de vanguardas surgidos nos anos 20.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Thomaz Antônio de Freitas
    Thomaz Antônio de Freitas

    Olá, Marco! Obrigado por aprovar as listas e seja bem-vindo ao Filmow! Grande abraço!

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.