Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/metalheartt/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > metalheartt
Curitiba - (BRA)
Usuário desde Julho de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

"Life is just pain and piss
It's nothing that I will miss" Woods of Ypres

Last.fm: https://www.last.fm/pt/user/JoeMetalheart

Últimas opiniões enviadas

  • Joezer

    Nanana, caí no hype da galera do Filmow e resolvi ver este filme "intrigante, chocante, inovador, etc, etc..."

    O filme começa bem, estava gostando da fotografia, das atuações, do mistério, da tensão crescente... Mas chega em um ponto que começa a desandar totalmente, e as situações vão ficando cada vez menos críveis (dentro da proposta do filme) culminando com aquele final totalmente escroto, apelando apenas para imagens "impactantes" como

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    homem pegando fogo, mulher no teto, mulher batendo no alçapão, mulher serrando a própria cabeça, mulher flutuando em direção à cabana, corpo sem cabeça venerando o tal deus...

    Pqp, forçaram demais a amizade.

    É tudo tão exagerado que acaba com toda a imersão. E o pessoal ainda cai nisso. Na falta de boas ideias para encerrar a história, mete uma caralhada de imagens "fortes" que cola.

    Enfim, não confio mais nesses filmes de terror muito em evidência... Melhor esperar pelo filtro do tempo. xD

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Joezer

    Mais um excelente filme do Pablo Trapero. Gostei muito do desenvolvimento bem realista e cotidiano, sem grandes plot twists policiais.

    Para mim, a grande sacada deste filme é mostrar como é fácil para um policial ser corrompido. Porque muitos dos que ingressam na força policial não tem estrutura alguma, seja financeira, intelectual ou moral (como é o caso do Zapa). Ou seja, não terão senso crítico ou ético para repudiar certas ações ou comportamentos, quando se depararem com os mesmos. E é este tipo de pessoas que o sistema quer, sem condições de pensar por si próprios, apenas seguindo a maré a acatando ordens. E claro, usando de violência e ameaças quanto estão em posição de superioridade. Triste realidade.

    Desde o início da sua carreira como diretor, Trapero sempre tem sido relevante. Recomendo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Joezer.