Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/monica_/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > monica_
29 years, Guarulhos (BRA)
Usuária desde Fevereiro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Em eterna construção.
.
.
.
.
PS: Se porventura existisse uma classificação para o filme que as pessoas menos querem ver, tenho certeza de que "Cinderela Baiana" ganharia disparado xD

Últimas opiniões enviadas

  • Mônica

    É a primeira vez na história da minha vida que termino um filme de terror me sentindo triste:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Me doeu tanto a história da Verónica por completo: pela responsabilidade que ela tem em casa (e da qual ela lida muitíssimo bem, vale dizer), pela colega que não ficou ao lado dela quando ela mais precisou e por ela não ter ninguém a quem pedir ajuda. Fiquei o filme todo triste porque ela não merecia e estava sozinha.

    Tinha o horror como pano de fundo, mas é a realidade de tanta gente

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Mônica

    Se eu tivesse que definir essa temporada em quatro palavras, seriam dor, cura, repetição e reparação.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Os sete primeiros episódios da temporada vão o céu, passam pelo inferno e terminam na terra.

    Céu: vemos Rebecca sofrendo com o fato de não poder mais sonhar com uma vida em comum com Josh e tentar fazer com que ele sofra o que ela sofreu. O que culmina na ótima "After everything you made me do" que é quase uma catarse para todos os fãs que — como eu — não aguentavam mais vê-la se destruindo para manter um relacionamento com alguém que claramente estava apenas se deixando levar pela correnteza.

    Inferno: ao ser deixada no altar, Becks perdeu a última coisa que a mantinha minimamente estável e acabou se jogando em uma espiral de dor e autosabotagem (cujo ponto alto dormir com o pai do Greg e acabando com minhas esperanças de que ele ao menos pudesse fazer uma participação especial) que acabou com qualquer amor próprio ou perspectiva de futuro em sua vida, criando o plano de fundo para a sua tentativa de suicídio

    — destaque para o momento que achei lindo em que ela acaba lendo Hope (esperança) ao invés de Help (ajuda) no botão usado para chamar a comissária de bordo. Achei muito emocionante, mesmo.

    Terra: puxado pela igualmente emocionante "My Diagnosis" Rebecca descobre que possui uma condição psicológica que precisa de tratamento constante e começa a trabalhar
    em se tornar alguém melhor, finalmente (FINALMENTE) entendendo que o que ela sentia por Josh era mais uma obsessão misturada com nostalgia do que realmente um sentimento de verdade.

    Pra marcar essa nova fase, finalmente² (FINALMENTE²) em "Getting over Jeff" o nome de Josh não se encontra no título do episódio, após 2 temporadas e meia.

    Vem mudança por aí!

    Sim, só que não. Voltando às três palavras que utilizei para definir a temporada, digamos que até o momento passamos pela dor e pela cura e que, CEG se encerra em repetição e reparação.

    Entre os episódios 8-9, 10-11 e 12-13 Rebecca entre em uma espiral de cair em erros antigos, perceber seu comportamento e tentar fazer diferente.

    Começamos com ela se envolvendo com Nathaniel e terminando ao perceber que não está pronta para um relacionamento; e depois vemos ela se enganar achando que poderia estar com ele sem nenhum envolvimento emocional, se questionar se valeria a pena tentar novamente e decidindo que, de fato, ainda não se sente segura.

    Por último, vemos nossa advogada favorita atravessar um caminho não muito diferente do percorrido na primeira temporada, na qual ela usa a confiança das pessoas para manipulá-las e sair ilesa das suas maquinações. Porém, dessa vez ela não consegue se desculpar e entende que precisa, de verdade, mudar. Caso contrário, ela nunca sairá do círculo vicioso no qual viveu durante, pelo menos, toda a sua vida adulta.

    Já me alonguei demais nessa explicação, então foi ser super resumida nos outros aspectos dessa temporada: tudo primoroso como sempre, com destaque para uma maior participação do escalão B/C dos atores coadjuvantes, que tiveram seu lugar ao sol.

    A terceira temporada se difere das outras por ser muito mais pé no chão e desenhar um caminho muito claro do que esperar na quarta temporada (QUE PRECISA ACONTECER).
    Crazy Ex-Girlfriend está fazedo um trabalho primoroso em contar de forma convicente o caminho que uma pessoa precisa percorrer para alcançar uma mudança definitiva em sua vida e seria uma pena interromper esse ciclo por questões orçamentárias.

    Minha esperança é que a CW tenha a mesma percepção que a minha: que CEG é tipo um Blade Runner: quase não assistido em sua época, mas uma referência em produções futuras.

    Nunca assisti uma série com esse formato e abordagem e acredito, de verdade, que ela trouxe uma contribuição muito valiosa não para quem lida ou vive com alguém com doenças de fundo psicológico, mas para o mercado como um todo por mostrar outras possibilidades de formato
    e mesmo de comédia.

    Espero voltar aqui em 2019 0/

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Mateus Barbassa
    Mateus Barbassa

    Poxa, muito obrigado. Sério mesmo. Obrigado!

  • Natália Gabriela
    Natália Gabriela

    ^^ Obrigada