Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > naht
Porto Alegre - (BRA)
Usuária desde Janeiro de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

"O criador mantém cuidadosamente o mundo em sua órbita"

Últimas opiniões enviadas

  • Natália

    não sei muito o que pensar. a palavra que vem à cabeça pra descrever esse filme é pálido, "desinspirado". o que foi tratado nele é muito melhor tratado em outros do diretor. parece a obra de alguém cansado, sei lá. um filme que me deixou sem palavras, no mal sentido.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Natália

    Muito melhor que o Magnólia, apenas menos hypado.

    Se Altman tivesse feito só esse, 3 Mulheres e Imagens já não precisava fazer mais nada na vida.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Natália

    errr...não

    não sei se a minha expectativa que tava muito alta (talvez) mas achei o filme bem morno

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    - Produção muito boa, atuações boas, mas...desenvolvimento até a primeira hora de filme estava bem ruim a meu ver, só melhora na segunda parte, mas parece que o filme nunca deslancha como um jogo de intrigas (confesso que esperava algo mais pro lado do Ligações Perigosas), que é o caminho que parece que o filme vai seguir no começo.

    - As personagens principais achei MUITO caricatas, principalmente a rainha (aliás achei uma pena o filme não focar mais nela, era a personagem mais interessante, de longe. Quando humanizavam ela e não a pintavam só como uma boba da corte o filme ficava bem melhor).

    - Achei que teria mais cenas de sexo/amor entre a rainha/as amantes. Por diversas vezes quase não parecia que existia um triangulo amoroso ali. Me pergunto se tem a ver com o fato da rainha não ser exatamente o padrão de beleza, digamos assim...

    - O personagem Masham basicamente só aparece pra servir de pretexto do trato entre Abigail e Harley e pra ganhar uma punheta.

    - As piadas com estupro não me incomodaram, entendi que tinha um contexto, só achei meio repetitivo usar a mesma piada, três, quatro vezes. Aliás a parte cômica do filme achei toda forçada.

    - A personagem da Emma Stone achei bem fraca, no começo parece que ela está atuando em algum filme de adolescente do início da carreira. O desenvolvimento da personagem também achei bem fraco, a "virada" da personagem se dá basicamente com uma frase (quando ela fala que sua moral não vai servir de nada quando estiver na rua)

    Um filme razoável, nada demais. Esquecível até.

    P.S: se alguém souber me explicar a simbologia da sequencia final, agradeço.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.