Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > nuno_cb
Maceió, Alagoas (BRA)
Usuário desde Novembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Um cinéfilo que vê de tudo que ele acredita ser assistivel.

TRÍPTICO NA MORTE DE SERGEI MIKHAILOVITCH EISENSTEIN

III

O CINEMA é infinito - não se mede.
Não tem passado nem futuro. Cada
Imagem só existe interligada
À que a antecedeu e à que a sucede.

O cinema é a presciente antevisão
Na sucessão de imagens. O cinema
É o que não se vê, é o que não é
Mas resulta: a indizível dimensão.

Cinema é Odessa, imóvel na manhã
À espera do massacre; é Nevski; é Ivan
O Terrível; és tu, mestre! maior

Entre os maiores, grande destinado...
Muito bem, Eisenstein. Muito obrigado.
Spasibo, tovarishch. Khorosho.

Vinicius de Moraes

Últimas opiniões enviadas

  • Nuno Balducci

    Confesso que não sou um grande admirador da obra do Sokurov, mas esse filme e "A Voz Solitária do Homem" são duas obras esplendidas do diretor para mim. Se "A voz..." foi o filme do cineasta russo que mais me emocionou e me perturbou (com os diversos contatos do protagonista com a morte), "Dias de Eclipse" foi o filme que me despertou para a maestria de seu realizador. Uma capacidade de produzir imagens-sonoras e personagens que não deve nem mesmo a Tarkovsky. Apesar de ter me sentido um pouco cansado durante a projeção, ainda assim não me fez desgostar em nada dessa obra de grande beleza e ousadia. Na tela grande esse filme deve ser uma experiência única com seu mix de referencias auditivas associadas a cenas ficcionais e documentais num Turcomenistão sórdido. Grande filme.

    obs: vi num documentário que Tarkovsky queria filmar "Stalker" nesse mesmo país, mas por conta de um terremoto as locações mudaram totalmente.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.