filmow.com/usuario/opacobaco/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > opacobaco
20 years (BRA)
Usuário desde Março de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Obcecado por clássicos cult e filmes de horror. Curiosidades sobre bastidores e atores é o que eu pesquiso após um bom filme.

Últimas opiniões enviadas

  • Paco

    Releitura moderna de um tema da era de ouro do horror. Desmentindo mitos até hoje populares, vivendo nas sombras, não por medo do sol ou crucifixos, e sim por conta do preconceito e ódio dos ignorantes supersticiosos a quem foi obrigado a chamar de família e lar, encontra-se Martín, herdeiro de um mal moribundo que de geração em geração amaldiçoa alguém de sua linhagem. Incapaz de amar sem machucar, tocar sem ferir, o jovem acomoda-se nesse meio de violência em busca de sua real vitalidade. Uma metáfora a insegurança, solidão, consumo de drogas e distúrbios mentais que muitos jovens tanto dessa época quanto de agora passam, e são vistos pelos mais experientes como aberrações dissimuladas.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Paco

    O longa é um da linha dos clássicos inspirados no grandioso “Rosemary’s baby”, precursor no tema e que levou o horror a um novo tom. Mistério, histeria e psicose. Sem apelar para agressões, efeitos especiais ou violência, essa linha de filmes aterroriza a mente e faz criar situações inusitadas ligadas ao sobrenatural ou fora da compreensão humana. Os personagens são cativantes e enigmáticos, desde o antagonista peculiar até a teimosa protagonista. Desfecho interessante, podendo-se então julgar que tudo teve seu efeito por conta do amor e poder, em suas facetas mais irracionais, todas as personagens eram semelhantes, porém com objetivos distintos.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Edu M. G.
    Edu M. G.

    Tdo bem? Seja bem-vindo!

  • Alan Guimarães
    Alan Guimarães

    Oi Francisco, obrigado pela minha curtida, e espero que tenha gostado da lista. Abraços.

  • Raphaello
    Raphaello

    faz um certo sentido, ainda se considerar que não dá pra usar de todo o tempo do mundo pra se assistir tudo que a gente pode, e nunca saberemos quando será o bastante daquilo que a gente tem que ver, ou seja, é melhor aproveitar o que tem.

    só que ao mesmo tempo, e é tipo aquela coisa de gente neurada, eu gosto mesmo de ter uma impressão séria da coisa na primeira vez que vejo. de absorver o que foi do trabalho de uma equipe, e isso vai da preparação do diretor - os atores em seu áudio original - a outros detalhes técnicos. veja, não sou nenhum especialista no assunto, só entusiasta, mas contemos como frescurinha minha haha