filmow.com/usuario/phillipegn/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > phillipegn
Goiânia - (BRA)
Usuário desde Março de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Phillipe Gurgel

    De todas as metáforas, a que mais gostei são as que reflete sobre a cinema atual. Sobre os que dormem diante da tela, da arte ou entretenimento de conteúdo substituídos por produtos capitalistas sem qualidade. " a beleza está nos olhos de quem vê" e a "falta de olhos" falam do público médio embebidos na guerra de estúdios, no ronco dos motores e nas batalhas de robôs gigantes que nada veem. Apesar das reflexões pertinentes não me empolgou e talvez não empolgue quem conhece o cinema "estrangeiro" atual. Criticar os filmes de studios americanos é empurrar bêbado na ladeira, mesmo fazendo isso de forma magistral. Um bom filme, só isso.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Phillipe Gurgel

    Um filme dentro de um filme que também é um filme. Quem é Fellini e quem é Guido?. Guido queria fazer filme honesto e que ajudasse as pessoas, que tivesse seus pais, memórias de infância, suas mulheres, seus sonhos e suas fantasias. Mas esse não é o filme de Fellini??? O filme que Guido quer fazer é 8 e Mezzo, o filme de Fellini. Guido é o alter ego de Fellini fazendo 8 e meio (e não conseguindo), um filme dentro de um filme que também é um filme. Fantástico, confuso, onírico, nostálgico, ARTE. asa nisi masa

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Phillipe Gurgel

    [spoiler][/spoiler] Este entra direto na lista dos piores filmes que já vi(Olhas q são poucos). Não achei nada de bom neste filme, a atuação do McAvoy é no máximo OK. As três meninas sequestradas não me despertou a mínima empatia. Se eles morressem ou não era indiferente, afetando em muito pouco a continuidade da trama. Com exceção da Taylor Joy que desde a primeira cena e com flashback clichês já se sabia que era a única com alguma relevância. A médica explicando tintin por tintin das personalidades do McAvoy não passa de um maneira pouco inteligente de deixar o filme acessível e de fácil entendimento para o grande público. O diálogos são bobos e sem objetivos principalmente com o caricato e estereotipado McAvoy criança. A trilha cria um suspense que não existe, eleva a tensão pra terminar com nada acontecendo. A última cena foi um tentativa clara de salvar o filme colando-o dentro do universo do ótimo Corpo Fechado. Ou seja, um filme ruim, com atuações medianas, trama fraca e clichê se apegando a aspectos externos para dar alguma relevância ao filme.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Phillipe Gurgel.