filmow.com/usuario/pseudokane3/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > pseudokane3
Moderador
37 years, Sergipe (BRA)
Usuário desde Dezembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

a + b = ?

Ou seja: não há nenhum filme que eu NÃO queira ver!

(WPC>)

Últimas opiniões enviadas

  • Wesley PC>

    A obsessão pixariana pela prosopopéia dos brinquedos - e, nossa, como eles fazem isso tão bem! O filme é emocionante do início ao fim. O percurso de redenção do protagonista valentão é maravilhoso. E a criatura titular é encantadora, sobretudo quando compreendemos a origem de seu nome, o que é uma poesia em si mesma. Lindo curta-metragem. Desde já, o meu favorito pessoal nesta categoria, uau! (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Wesley PC>

    Não vou mentir: no início aquela comicidade biográfica me incomodou. Não que não parecesse verossímil, não que a dondoquice da personagem de Kristin Scott-Thomas não revelasse uma ótima interpretação, não que o diretor nos revelasse de imediato que está muito mais interessado nos interstícios do poder (brigas partidárias, vocação para o secretariado, clamores populares, etc.) que na beatificação justificada do protagonista em si, mas... Faltava algo. Ou sobrava algo, sei lá. Entretanto, depois da primeira aparição um tanto exagerada, Gary Oldman magistralmente nos faz esquecer de si e põe o espectro de Churchill em tela, até desembocar na ótima seqüência do metrô. Muito bom em sua propulsão discursiva e muito oportuna pela rememoração bélico-historicista. Problemático enquanto biografia, mas, insisto: este não é o intento-mor do diretor. Por isso, a realização é repleta de artificialismos de fotografia e de jogos cênicos que tornam o ritmo geral do filme deveras entretenedor. Muito bom, no saldo geral! (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Wesley PC>

    Brilhante, genial... Trama magnificamente bem-resolvida em suas diversas mudanças de tom épico. Por pouco, não se torna mais uma das obras-primas jidaigeki do diretor. Só não o faz porque, depois de inúmeras pendengas, soa irritante a belicosidade dos dois amigos pés-de-chinelo: por que insistiam em depositar confiança naqueles gananciosos irredimidos?! Afinal, o diretor nos explica, no desfecho, o porquê: Akira Kurosawa cria solenemente na Humanidade! Mas o que chama mesmo a atenção aqui são as cenas de aventura e a completa entrega à alegria na cena do Festival do Fogo: absolutamente magistral a interpretação de Misa Uehara. E Toshiro Mifune está excelente como de praxe completamente à vontade na sua encarnação egrégia de samurai abnegado. Filmaço! (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Thainá
    Thainá

    jesus cristo. aí sim, boa sorte e muitos filmes pela frente!!

  • Thainá
    Thainá

    nossa bb vc ja viu tudo isso de filme qnd eu tiver 37 anos quero ser igual vc falta 15 anos

  • Lucas Hákime
    Lucas Hákime

    Oi, Wesley. Obrigado, mas eu meio que já resolvi. Mas se eu precisar, eu entro em contato com vc. Muito obrigado.