Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/pseudokane3/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > pseudokane3
Moderador
37 years, Sergipe (BRA)
Usuário desde Dezembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

a + b = ?

Ou seja: não há nenhum filme que eu NÃO queira ver!

(WPC>)

Últimas opiniões enviadas

  • Wesley PC>

    Estou em estado de ânimo intensificado, de torpor...

    Absolutamente magistral, mais uma (quase) obra-prima do Bressane contemporâneo, aqui flertando com o Godard atual e com o Garrel etéreo... Incrível como o diretor Bressane se ressignifica a cada novo filme, maravilhoso como ele trabalha bem com a Alessandra Negrini. Incrível: diálogos maravilhosos, fotografia esplêndida, situações de fluxo em nível passional extremado, culminando numa autocitação espetacular em relação ao icônico filme de exílio MEMÓRIAS DE UM ESTRANGULADOR DE LOIRAS (1971).

    Fiquei encantado, do início ao fim: pura imersão no platonismo da paixão possível, do corpo nu ao nosso lado que, além de ser "vitrine para a curiosidade", é também percalço e percurso, afeto e (des)encanto, por conta das memórias de separação acumuladas antes do reencontro definitivo. Soberbo: amor em estado puro e bruto! (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Wesley PC>

    Outro filme que eu cria já ter marcado, mas que constava aqui ainda como não visto...

    Tive acesso a este curta-metragem aparentemente engraçado porém devastador, pela primeira vez, no cinema - e a identificação foi total: ainda não tinha lido o original literário da Hilda Hist, mas este logo se converteu em uma das narrativas de minha vida. Trama direta, com uma sinceridade absurda ao narrar os maus tratos da implementação pedofílica em larga escala. Um filme sumamente doloroso, mas contado de maneira que parece leve, graças à interpretação pré-codificada da mesma Iara Jamra que me encantou tanto numa infância diante do programa "Rá-Tim-Bum", em meio a situações de angústia semelhante perante as bandalheiras da vida... Ótimo! (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Wesley PC>

    Agora sim, fui totalmente contemplado pelo estilo "repetitivo" do Piotr Kamler: aqui, forma e discurso se mancomunam numa mensagem, num estudo sobre os relacionamentos tóxicos do dia-a-dia, sobre aquilo que nos tiram quando não necessariamente os damos, mas apenas nos damos...

    Curto, mas efetivo: amei! <3 (WPC>)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Thais
    Thais

    Nossa!
    Achei sua crítica tão severa que vim ver quais são seus filmes preferidos

  • Bruno Silvestre Silva de Souza
    Bruno Silvestre Silva de Souza

    Olá Caro Wesley, vivemos o "nosso Abril Despedaçado", além de Milos Forman, Vittorio Taviani, agora Nelson Pereira dos Santos e antes Isao Takahata, um pioneiro no mundo dos Animes, mal compreendido e mal noticiado a sua morte tanto como o grande Idrissa Ouedraogo, como você falou. Que abril acabe logo e venha maio com o Festival de Cannes. RIP

  • Bruno Silvestre Silva de Souza
    Bruno Silvestre Silva de Souza

    Olá caro amigo Wesley,

    A parte ruim de se viver muito como você me disse antes são as perdas que se acumulam, lembra da fatídica segunda 30.07.2007 com as saídas de cena de Bergman e Antonioni? Esse sábado e domingo 14/15 de julho em 24 horas perdemos Milos Forman e Vittorio Taviani. A very sad bad weekend. RIP