filmow.com/usuario/rafaelfrota/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > rafaelfrota
39 years Rio de Janeiro - (BRA)
Usuário desde Novembro de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Rafael Frota

    Algumas perguntas ainda estão martelando na minha cabeça:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    1. O filme se passa em 2007. Já havia tecnologia/internet móvel suficiente para todo mundo se ligar por videochamada tão banalmente?
    2. Quem e como que essas videochamadas por celular foram gravadas?
    3. Quem gravou as videochamadas pelo computador?
    4. Se o barril continha as 2 meninas, ele pesava uns 100kg. Como Josh carregou ele sozinho?
    5. O pessoal do TikTok nunca assistiu a NENHUM filme found footage???

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Rafael Frota

    Vi esse filme na sexta e estou até hoje tentando organizar meus pensamentos. Como não li o livro, estou tentando pescar algumas coisas que me saltaram aos olhos durante o filme. Não sei se tudo isso é só devaneio meu ou se estou redescobrindo a roda. Enfim, me pareceu que há:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    1) Uma insinuação de que Jake teria tendências homossexuais ou que constantemente era visto como sendo homossexual (pela sua postura tímida, por gostar de arte, musicais da Broadway e de ciências, talvez), e que por isso sofreu represálias durante a vida:
    * Por várias vezes, ele adverte para não usarem termos como "maricas" (Lucy quem disse) como ofensa;
    * O gosto dele por musicais da Broadway poderia simbolizar um dos motivos para terem essa impressão (vide como um dos momentos em que ele mais deixa de lado o ar tímido e reprimido é quando canta dentro do carro, chegando a parecer realmente efeminado); Pareceu-me que os musicais têm papel simbólico extremamente importante no filme.
    * O gosto dele por arte também (ele fica constrangido quando a mãe fala que ele se interessava por arte quando criança);
    * Ele visivelmente não se dá com a família, e o fato dele não gostar de falar do porão poderia indicar que os pais o deixavam de castigo lá – talvez por ser "maricas";
    * A postura de escárnio das meninas da sorveteria;
    * A maneira reprimida e distante com a qual que ele se comporta (não parecem um casal de namorados).

    2) Uma insinuação de que Jake:
    * Pode ter sido violentado em algum momento da vida: "Ele estava olhando pra gente como um maldito pervertido. Acredite, eu sei muito bem como são essas coisas. Eu vou dar pra esse cara o que ele merece"
    * Ou que ele mesmo era um "pervertido" (tendo estuprado e matado e sabe-se lá mais o quê), e agora ele está tentando uma punição para si mesmo (acabar com tudo): O Flash do zelador olhando por um buraco, a cena da dança, em que o zelador tenta violentar a bailarina;

    3) De que ele teria um futuro brilhante como cientista, mas acabou sozinho e sendo zelador de escola por causa da doença dos seus pais e pela sua timidez, e isso o fez tornar-se uma pessoa ruim;

    4) O suicídio dele foi por hipotermia, por ter tirado a roupa dentro do carro.

    Tudo isso são meras divagações. Preciso assistir ao filme novamente.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Rafael Frota

    Uma coisa que eu não sei se deixei passar ou realmente o filme não torna explícito:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Como o Martin fez para instalar (sabendo até a progressão: pernas, inanição, olhos), controlar (no caso da Kim conseguir anadar até a janela) e cessar (depois do sacrifício) a tal "maldição"?

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Rafael Frota.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.