filmow.com/usuario/stefanyrd/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > stefanyrd
21 years Santo André -
Usuária desde Fevereiro de 2019
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Sté

    Fiquei tensa em vários episódios dessa temporada, puta merda. Não esperava. O episódio Teddy Perkins definitivamente é um que não vou esquecer.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Sté

    Só gostei das cenas de batalha noturna no mar, tipo a primeira do filme, onde o cara perde o irmão.
    No mais.. pqp. E o q fizeram com a personagem da Mako? Achei péssimo.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Sté

    "I used to think that my life was a tragedy, but now I realize it's a fucking comedy"
    Esse filme é uma verdadeira experiência, e amo tanto isso no cinema.
    A gente se depara com um recorte da vida de Arthur, muito marcada pelo tragicômico,

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    desde a primeira cena onde ele é surrado por adolescentes e, mesmo assim, ele faz a flor do paletó jorrar água, como numa brincadeira, até o momento que está conversando seriamente com os policiais em frente ao hospital, e ao entrar no hospital, bate com a cabeça na porta de vidro, dentre tantos outros momentos.

    Vemos o Coringa nascer quase como uma segunda personalidade do Arthur, e muuito caracterizada no talk show do Murray. É um personagem melancólico, musical
    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    (nos trazendo a bela cena de epifania no banheiro)

    , e que se preocupa com sua imagem. Gosto também da ambiguidade do filme,
    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    pois terminamos sem saber exatamente o que de fato aconteceu e o que pode ter sido um surto psicótico do Coringa.


    Bom, a fotografia do filme estava foda demais, com cenas muito lindas e outras que passavam muito bem o sentimento do momento
    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    (aka a inconstância da câmera na cena em que ele entra na geladeira, a qual os psicanalistas devem ter amado; a cena do túnel em que ele corre e a sombra dele na parede cresce).

    A paleta de cores estava IMPECÁVEL, desde as vestimentas até os banners publicitários ao fundo. E a trilha sonora, com aquele cello? Ah gente, que filme, sério.
    É uma obra que nos faz repensar, sobretudo, sobre nós dentro da sociedade: se contribuímos pra reproduzir o podre, como nos relacionamos com as pessoas, com quantos Arthurs já topamos com, e assim vai.
    Assistam!!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Alan Guimarães
    Alan Guimarães

    Oi, Sté, obrigado pela minha curtida da lista de História Geral, mas tem ainda as minhas outras complementares de História do Brasil e do Oriente Médio, dê uma olhada se possível. Abraços.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.